Cozinheira tentou introduzir 520 doses de haxixe na cadeia de Paços de Ferreira
Fotografia: Polícia Judiciária

A Polícia Judiciária identificou e deteve na quinta-feira uma cozinheira do Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira por tráfico de droga agravado. A mulher tentou introduzir na cadeia duas placas de haxixe, suficientes para 520 doses individuais.

“A detida, funcionária de empresa privada que presta serviço no Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira, entrou nas instalações prisionais para iniciar a sua jornada laboral, verificando-se que transportava, de forma oculta, duas placas de haxixe, suficientes para 520 doses individuais, que destinava à população reclusa“, lê-se em nota de imprensa.

A Polícia Judiciária contou, no decurso das diligências de investigação, com a colaboração dos serviços da DGRSP afetos àquele estabelecimento prisional.

A detida, de 39 anos de idade e cozinheira, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão domiciliária.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *