Pepa
Fotografia: FC Paços de Ferreira

“Decidimos comunicar que o clube apresentou uma proposta à equipa técnica e conversámos várias vezes sobre essa possibilidade. O treinador entendeu que o vínculo devia terminar com a mesma elevação com que foi contratado e o caminho acaba aqui”, começou por adiantar este domingo o presidente do FC Paços de Ferreira, Paulo Meneses.

Lado a lado com Pepa, em conferência de imprensa após o empate com o Marítimo, o dirigente do clube pacense anunciou que a equipa técnica não aceitou a proposta da direção para permanecer vinculada ao clube, deixando o comando técnico do FC Paços de Ferreira no final da época.

“Gostava de agradecer e nunca me vou esquecer do dia 2 de setembro de 2019 (…) quando contratamos uma das melhores equipas técnicas que passou pelo FC Paços de Ferreira, na sua qualidade técnica e humana. É com muita pena que vemos, no final da época, a equipa técnica seguir outro rumo, que desconheço”, afirmou.

Já Pepa afirmou que a decisão de sair foi “difícil”, deixando uma palavra de agradecimento aos elementos do FC Paços de Ferreira, que considerou um “clube especial”. O técnico destacou o trabalho da direção liderada por Paulo Meneses, pelas “condições oferecidas e amparo nas tempestades”.

A imprensa nacional indica que Pepa tem acordo com o Vitória de Guimarães para liderar o plantel na próxima época, mas tal informação não foi, até ao momento, confirmada de forma oficial.

Empate com o Marítimo adia objetivo do FC Paços de Ferreira

O FC Paços de Ferreira empatou com Marítimo a uma bola, este domingo. O resultado permitiu chegar à marca dos 50 pontos, mas não deu margem para solidificar a posição no 5º lugar da tabela classificativa. Recorde-se que o acesso às competições europeias já está, contudo, assegurado.

A jogar em casa, no Estádio Capital do Móvel, os Castores inauguraram o marcador aos 12 minutos. Na sequência de um pontapé de canto desviado por Hélder Ferreira, Luiz Carlos apontou um grande cabeceamento à baliza dos madeirenses.

Contudo, ainda durante o primeiro tempo, a equipa visitante igualou o resultado, por intermédio de Joel Tagueu. Aos 40 minutos, um cruzamento de Cláudio Winck para a área caiu na cabeça de Joel Tagueu, que rematou muito colocado, com a bola a tabelar nos postes antes de entrar na baliza.

Os Castores voltam a jogar na sexta-feira, pelas 19:00, com uma receção ao Gil Vicente.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.