Trabalho / Felicidade / outros / Saudades / Férias / Exames / reconhecimento / Beijo / Estudante / Ser / Relação / Mudança / Vida /Ano Novo / Tempo / Coaching / Preguiça / Coaching…para quê? - Poupa / Saber Viver

Como dizia Carl Rogers “A vida no que tem de melhor é um processo que flui, que se altera e onde nada está fixado”. Esta frase, numa primeira análise, pode ser assustadora, pois temos como perceção de segurança mantermo-nos na nossa zona de conforto, ou infelizmente, de desconforto (tolerável), sempre a mesma “vidinha”!

Esta tentativa de paralisar no tempo, gostando ou aguentando a vida, leva-nos a uma insatisfação e à mera manutenção da rotina diária. Na realidade, Viver pode ser muito mais entusiasmante dada a possibilidade contínua de nos reinventarmos e aceitarmos novos desafios que nos permitam alargar indefinidamente a zona de conforto.

Claro que os desafios mais importantes e urgentes são aqueles que nos permitem modificar, quer na vida pessoal ou profissional, aquilo que nos traz desconforto, tristeza e infelicidade. Mas, se normalmente estamos mais concentrados no que está mais “negativo” na vida (impedindo de nos focarmos num caminho alternativo), também podemos otimizar aquilo que já está “bom” na Vida. Assim, tornamo-nos excelentes como pessoa ou profissionalmente…é sempre um caminho que nos permite ir mais longe!

A vida sentida “como um processo que flui” e em que somos conscientemente parte ativa na direção desse fluir, torna-se muito mais interessante e entusiasmante. Nesse sentido, gostaria de deixar um desafio a todos os leitores: que desafio novo vai aceitar este ano?

No Coaching potenciamos e aceleramos essa metamorfose. O Coach será um “optometrista mental” onde cada questão que coloca ao cliente funciona como uma “lente” que permite ver mais nítido e focado o caminho a seguir. Questão a questão, “lente a lente” vai-se mais fundo, desconstruindo máscaras, crenças limitantes, até surgir uma nova visão cheia de desafios e oportunidades para experienciar e dar mais sabor e cor à Vida.

Através da Prática do Coaching veja mais longe no seu “interior” para fazer acontecer no “exterior” a metamorfose que deseja.

Não perca o próximo artigo de “Coaching…para quê?”. Leia mais artigos na página de opinião do IMEDIATO.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.