e2530d4a 6d15 4f03 a358 dc7b0954ea41
Fotografia: Direitos Reservados

Na segunda-feira, o núcleo de Paços de Ferreira da Amnistia Internacional Portugal promoveu uma «Vigília pelos Direitos Humanos na Ucrânia» em frente ao edifício da Câmara Municipal de Paços de Ferreira.

“Tendo como pano de fundo o edifico municipal iluminado com as cores da bandeira da Ucrânia, cerca de meia centena de pessoas participaram nesta iniciativa solidária com o povo ucraniano, que teve como objetivo apelar à defesa dos Direitos Humanos na Ucrânia e ao término da agressão externa de que são vítimas por parte da Rússia”, indica o núcleo, em comunicado enviado ao IMEDIATO.

Acenderam-se velas, empunharam-se cartazes e bandeiras ucranianas, e, num momento carregado de simbolismo e solidariedade, os membros da Assembleia Municipal de Paços de Ferreira, que se encontrava reunida, suspenderam os trabalhos e juntaram-se à vigília.

Esta iniciativa integrou um movimento nacional promovido pela Amnistia Internacional Portugal, e que conduziu à realização de vigílias pela Defesa dos Direitos Humanos na Ucrânia, espalhadas por vários pontos do país, como Lisboa, Viana do Castelo, Viseu, Coimbra, Ponta Delgada, Chaves e Estremoz.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.