Vai ser preciso declaração escrita para ir para o trabalho. Proibido circular entre concelhos ao fim de semana

Depois de uma reunião extraordinária do Conselho de Ministros, o primeiro-ministro, António Costa, anunciou esta segunda-feira um novo conjunto de novas medidas para conter a pandemia de covid-19.

Segundo o governante, dados de mobilidade apontam que confinamento apenas reduziu movimentações em 30% no último fim-de-semana. “Não é aceitável manter este nível de circulação ao fim-de-semana”, apontou.

Além da necessidade de apresentação de declaração escrita para deslocações para o trabalho e proibição de circulação ao fim-de-semana, foram anunciadas mais medidas:

  • Proibida a venda ao postigo de qualquer estabelecimento não alimentar, bem como de qualquer tipo de bebida nos estabelecimentos autorizados a take-away;
  • Proibida a permanência e o consumo de bens alimentares à porta de estabelecimentos;
  • Encerrados os espaços de restauração em centros comerciais, mesmo em take away;
  • Proibidos saldos e promoções que incitem à deslocação de pessoas;
  • Proibida a permanência de pessoas em espaços públicos (como jardins);
  • Pedido às autarquias que se sinalize a proibição de utilização de bancos de jardins, parques infantis ou equipamentos desportivos, mesmo que de desportos individuais (como ténis e paddle)
  • Encerradas universidades seniores, centros de dia e centros de convívio;
  • Deslocações para trabalho presencial vão necessitar de declaração escrita da entidade patronal;
  • Empresas com mais de 250 trabalhadores têm de enviar nas próximas 48 horas à Autoridade para as Condições de Trabalho a lista de todos os trabalhadores cujo trabalho presencial é indispensável
  • Proibição de circulação entre concelhos ao fim-de-semana
  • Todos os estabelecimentos devem encerrar às 20h à semana e às 13h ao fim-de-semana. A exceção é o retalho alimentar que ao fim-de-semana se pode prolongar até às 17h.

“Estamos a viver o momento mais grave da pandemia”, sublinhou António Costa.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *