turismo
Fotografia: Direitos Reservados

A região do Douro, Tâmega e Sousa, vai receber, no próximo fim de semana, a visita de um grupo de jornalistas e influencers da área do turismo no âmbito de um projeto intermunicipal. De acordo com a Comunidade Intermunicipal (CIM) do Tâmega e Sousa, a visita tem como missão aumentar a atratividade e competitividade da região, através da promoção da oferta turística.

O programa de dois dias está assente em visitas a projetos turísticos, públicos e privados, que estejam situados em concelhos classificados com baixa densidade e que sejam financiados no âmbito da Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE (Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos) – Turismo para Todos, liderada pela CIM.

O projeto intermunicipal pretende valorizar, dinamizar e promover a oferta turística da região, “assente na natureza, no património cultural, na gastronomia, no enoturismo e no turismo de saúde e bem-estar”, descreve o comunicado. A estratégia engloba cerca de 300 projetos, a esmagadora maioria promovidos por entidades privadas, num investimento que ascende a aproximadamente 150 milhões de euros.

Na região do Tâmega e Sousa, são considerados territórios de baixa densidade os municípios de Baião, Celorico de Basto, Cinfães e Resende e ainda algumas freguesias dos concelhos de Amarante, Castelo de Paiva e Marco de Canaveses. A estes juntam-se também os municípios de Arouca e de Vale de Cambra, que, embora pertençam à Área Metropolitana do Porto, são considerados territórios de baixa densidade.

Artigo editado por Ricardo Rodrigues.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *