A GNR deteve na quarta-feira um homem de 48 anos no concelho de Penafiel por violência doméstica. Segundo um comunicado da força policial, o suspeito agredia e chegou mesmo a tentar sufocar a mulher.

De acordo com a GNR, “foi possível apurar que o suspeito manteve uma relação análoga à dos cônjuges durante dois meses, e por demonstrar ciúmes extremos e muito controlador, acabou por agredir fisicamente a mulher de 52 anos”.

Na sequência das agressões, o suspeito tentou mesmo sufocar a vítima, sendo que esta terminou a relação. Contudo, “não resignado com a separação”, o homem insistia em contactar a vítima, através de chamadas e mensagens, colocando-a “num total desassossego permanente”.

Segundo o comunicado da GNR, nem a filha da vítima, menor e fruto de outra relação, escapou às agressões do homem, que já tinha antecedentes criminais por violência doméstica.

O suspeito foi detido e presente ao Tribunal de Instrução Criminal de Marco de Canaveses, onde ficou proibido de contactar “por qualquer forma ou meio com a ofendida” e proibido de se aproximar dela num raio de 5 km, vigiado por pulseira eletrónica.

ouro e prata