Jorge Filipe Silva

Com o “canudo” há um mês, Jorge Filipe Silva segue um sonho de criança sempre que carrega a câmara fotográfica ao peito. Para o jovem natural de Arreigada, o ato de fotografar é mais do que “carregar num simples botão”, tentando sempre dar aos outros a sua perspetiva sobre o que se depara à sua frente.

“A minha ligação com a fotografia começou desde cedo. Sempre adorei ver imagens e, quando recebi a minha primeira máquina, comecei a fotografar tudo o que me aparecia à frente” contou ao IMEDIATO o recém-licenciado em Fotografia pela Escola Superior de Media Artes e Design (ESMAD).

Contudo, nos últimos anos, a sua perceção da fotografia deu uma volta de 180 graus, passando a tentar, em cada “clique”, passar a sua perspetiva e identidade sobre o que se depara à frente da sua lente. Veja o episódio!

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *