risco . Saúde, Desconfinamento; Paços de Ferreira; Incidência covid-19
Fotografia: Direitos Reservados

Na segunda-feira, 29 de março, o concelho de Paços de Ferreira registou um aumento de 216% no número de novos casos positivos de covid-19 semanais. Também a incidência cumulativa a 14 dias no concelho era de 88,1 infetados por 100 mil habitantes, quando a média nos municípios da ARS Norte era de 49,9.

De “dois a três casos” positivos diários, o município passou para “mais de cinco”, sendo que 30% dos novos infetados estavam diretamente relacionados com um surto de covid-19 numa fábrica de estofos do concelho, indicou ao IMEDIATO fonte da autarquia de Paços de Ferreira.

A mesma fonte adiantou que as autoridades de saúde e as brigadas de intervenção municipal identificaram os casos positivos e de risco entre os trabalhadores da firma, estando o surto “controlado”. Contudo, apenas no início da próxima semana se deve descobrir se também a “disseminação comunitária” está sob controlo.

Paços de Ferreira no quadrante amarelo da Matriz de Risco

O concelho passa, assim, ao quadrante amarelo da Matriz de Risco, metodologia utilizada pelo Governo para avaliar o desenvolvimento do processo de desconfinamento, através de dois indicadores: a incidência cumulativa a 14 dias e o o Risco de transmissibilidade (Rt) a sete dias, que também aumentou, segundo a autarquia.

Dados a que o IMEDIATO teve acesso indicam que, de 22 a 29 de março, foram identificados no concelho 38 casos positivos, um aumento de 216% relativamente à semana anterior, em que apenas 12 cidadãos testaram positivo. Já a incidência cumulativa a 14 dias em Paços de Ferreira era de 88,1.

Contudo, as informações divulgadas no relatório da Direção Geral da Saúde de segunda-feira não refletiam este aumento. O documento oficial, que atualiza a informação por concelho uma vez por semana, publicou a 29 de março os dados relativos ao período de 10 a 23 do mesmo mês, que ainda sugeriam um rácio de 58 casos de covid-19 por 100 mil habitantes.

Nas redes sociais, a Câmara Municipal de Paços de Ferreira apelou à população para o cumprimento das regras impostas pelo Governo, de forma a que o processo de desconfinamento no concelho decorra segundo o ritmo nacional.

“Mais que nunca, os comportamentos individuais têm um reflexo direto na forma como todo o concelho poderá avançar para o desconfinamento. Esta Páscoa lembre-se deste facto e evite comportamentos de risco. Comemore esta quadra apenas com o seu agregado familiar”, apela.

Desconfinamento em Penafiel pode vir a ser afetado

O Correio da Manhã avançou na sua edição impressa de sexta-feira que o desconfinamento no concelho de Penafiel pode vir a ser afetado devido à sua proximidade com Cinfães, que tem mais de 120 casos positivos por 100 mil habitantes e está sinalizado pelo Governo.

O primeiro-ministro, António Costa, tinha referido que “se em duas avaliações consecutivas os mesmos concelhos estiverem acima do limiar de risco, nesses concelhos não devem avançar as medidas de desconfinamento”, sendo também os municípios vizinhos afetados com medidas particulares.

 

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *