Paços de Ferreira: Caso de violência doméstica leva à apreensão de armas e carros furtados
Veículos recuperados. Fotografia: GNR

Um processo de violência doméstico no concelho de Paços de Ferreira levou à apreensão de várias armas de fogo, mais de 110.000 euros, e à recuperação de dois veículos furtados em Amarante.

Segundo a GNR, tudo começou com a abertura de um processo de violência doméstica no concelho de Paços de Ferreira, devido ao comportamento agressivo de um homem de 30 anos durante um relacionamento de 18 meses que manteve com uma jovem de 27 anos.

“No período em que coabitaram, o suspeito chegou a exibir armas de fogo à vítima, o que lhe causou inquietação e sentimento de insegurança, resultando na sua separação há oito meses”, explicou a GNR, em comunicado.

Assim, no âmbito do processo foi realizada uma uma busca domiciliária, que resultou na apreensão de várias armas de fogo, munições de diferentes calibres, algumas com calibre de guerra, bem como armas brancas.

Na ação foram “detetados mais ilícitos criminais”, tendo sido apreendidos 110.810 euros em numerário e dois veículos, furtados em outubro de 2020 e janeiro de 2021. “Uma das viaturas já foi entregue ao seu legítimo proprietário”, informou a GNR.

Caso entregue ao Tribunal de Paços de Ferreira

O suspeito de 30 anos, que já tinha antecedentes criminais por ofensas à integridade física e por resistência e coação sobre funcionário, foi detido e constituído na terça-feira.

No dia seguinte, foi detido outro homem no âmbito do mesmo processo, com 57 anos, por posse de arma proibida, tendo sido constituído arguido. Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Paços de Ferreira.

Autoridades procuram homicida suspeito de esfaquear idosa em Lousada

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *