Manuela Bentes
Fotografia: IMEDIATO / Ricardo Rodrigues

Manuela Bentes estudou, ensinou e conheceu o icónico escritor José Saramago. Com a proximidade da celebração do centenário do nascimento do autor galardoado com o Nobel da Literatura, a escritora pacense decidiu lançar «Ainda Saramago», uma obra em que analisa (e “descomplica”) o homem, o escritor, e a obra.

À conversa com o IMEDIATO, Manuela Bentes explicou que o grande objetivo desta publicação prende-se com o facto de ainda existir “uma grande rejeição” às obras de José Saramago, muitas vezes visto como um homem “difícil, irónico e seco”.

Encarado como um guia, «Ainda Saramago» pretende dar a conhecer mais sobre o autor a professores e alunos do ensino secundário, que estudam os seus trabalhos, a leitores da sua obra, mas também àqueles “que a rejeitam”.

“Com a análise que faço, debruço-me sobre as suas seis obras mais oportunas. (…) É preciso entender o processo de escrita deste autor e a sua imaginação, era um homem extremamente culto”, refere Manuela Bentes.

A escritora afirma que Saramago sempre a cativou, tendo, durante vários anos, ensinado sobre o seu trabalho e realizado várias palestras em escolas da região. “Saramago criou em mim um grande entusiasmo, que me fez pensar que devia partilhar a minha visão sobre este homem, que parece ser um autor difícil, mas não é”, refere ao IMEDIATO.

«Ainda Saramago» é a 13ª obra publicada pela escritora pacense, mas Manuela Bentes já tem “na gaveta” a sua próxima publicação, também sobre literatura nacional, e que deverá ser divulgada durante o próximo ano.

Aos olhos da autora, o livro é a “oportunidade perfeita” para assinalar o centenário de José Saramago. Por isso, deixou críticas ao Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, que diz “nunca se ter mostrado empenhado” em se juntar à iniciativa após vários contactos.

A obra vai ser apresentada a 25 de setembro, na Escola Secundária de Paços de Ferreira, “um espaço de cultura, onde se ensina literatura e língua portuguesa, e onde Manuela Bentes trabalhou durante 34 anos.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.