Covid-19
Fotografia: IMEDIATO/Ricardo Rodrigues

Entre 20 de janeiro e 9 de fevereiro, a incidência de covid-19 (casos de covid-19 por cada 100 mil habitantes) voltou a cair no Vale do Sousa após várias semanas de crescimento. Nos seis concelhos da região, este indicador desceu 34,48% comparativamente aos últimos dados conhecidos.

Segundo o boletim epidemiológico da Direção Geral da Saúde (DGS) desta sexta-feira, a incidência cumulativa caiu nos seis concelhos do Vale do Sousa analisados pelo IMEDIATO – Castelo de Paiva, Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira, Paredes e Penafiel – com a ‘Capital do Móvel’ a registar a maior quebra (39,77%) relativamente ao último relatório divulgado.

Na região, a maior incidência cumulativa é a do concelho de Castelo de Paiva (6.228), enquanto a mais baixa é a de Paços de Ferreira (4.653). Consulte a tabela e saiba mais sobre a situação epidemiológica do seu concelho.


Incidência cumulativa (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) no Vale do Sousa*:

Concelho Incidência de 20/01 a 02/02 Incidência de 21/02 a 09/02 Variação
Castelo de Paiva 8.306 6.228 -25,02%
Felgueiras 8.087 4.976 -38,47%
Lousada 7.757 4.702 -39,38%
Paços de Ferreira 7.725 4.653 -39,77%
Paredes 8.685 5.734 -33,98%
Penafiel 8.603 5.921 -31,18%
Vale do Sousa 8193,83 5.369 -34,48%

*Dados do boletim epidemiológico da Direção Geral da saúde de 11/02.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.