Vacinação de profissionais de saúde contra a Covid-19
Fotografia: IMEDIATO / Ricardo Rodrigues

Os concelhos de Penafiel e Paredes desceram, esta segunda-feira, de nível de contágio de covid-19, passando de “muito elevado” para “elevado”. Os dois municípios registaram decréscimos na incidência cumulativa a 14 dias, com valores entre 240,0 e 479,9 casos de covid-19 por 100.000 habitantes.

De acordo com o relatório de situação da Direção Geral da Saúde (DGS), a maioria dos concelhos da região do Vale do Sousa encontra-se, assim, no grupo de risco “elevado” do Governo, à exceção de Felgueiras, que, com 496 infeções por 100 mil habitantes, ainda pertence ao grupo de risco “muito elevado”.

Paços de Ferreira e Lousada continuaram a tendência de diminuição, vendo as suas incidências cumulativas caírem 10,63% e 23,87%, respetivamente. Consulte a tabela e descubra mais sobre a situação pandémica do Vale do Sousa.


Incidência cumulativa (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) no Vale do Sousa*:

Incidência de 07/12 a 20/12 Incidência de 14/12 a 27/12 Diferença (%)
Castelo de Paiva 343 349 +1,76%
Felgueiras 530 496 -6,42%
Lousada 419 319 -23,87%
Paços de Ferreira 395 353 -10,63%
Paredes 594 452 -23,91%
Penafiel 507 431 -14,99%

*Dados do boletim epidemiológico da Direção Geral da saúde de 04/01.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *