AEPF Formação Modular

A zona do Vale do Sousa Norte, composta por Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras tem a quinta maior incidência cumulativa de casos de Covid-19 de toda a região Norte, apontou o boletim da semana do Departamento de Saúde Pública da ARS Norte relativo à semana passada.

Segundo o relatório, que coloca a zona com 1.219 casos confirmados desde o início da pandemia, esta é apenas superada por Gondomar (1.222), Braga (1.392), Matosinhos (1.411) e Maia/Valongo (1.990).

Já o Vale do Sousa Sul, que incluiu os concelhos de Paredes, Penafiel e Castelo de Paiva, é a 13ª área com maior incidência cumulativa, com um total de 617.

“Para o cálculo da incidência cumulativa foi utilizado como denominador a estimativa populacional por concelho para 2019, disponível no Instituto Nacional de Estatística, I.P”, lê-se no documento.

Fonte: ARS Norte

De acordo com o boletim, a taxa de mortalidade no Norte na semana passada era de 4,4%, um valor superior ao nacional, que ronda os 3,45%. Já a mortalidade acima dos 65 anos está nos 15,5%.

Nas últimas 15 semanas, o número de novos casos tem vindo a cair vertiginosamente, passando de quase 3.500 casos semanais para menos de 500. Contudo, há cinco semanas notou-se um ligeiro aumento, que diminuiu novamente na semana passada.

A nível etário, a faixa com maior incidência de casos positivos de Covid-19 na região Norte foi, como é possível analisar no gráfico abaixo, dos 45 aos 55 anos, seguida pela faixa dos 35 aos 45 anos.

Ao observar o gráfico, também é possível concluir que o vírus afetou mais as mulheres nortenhas que os homens.

Fonte: ARS Norte

Pode consultar aqui o relatório na íntegra:

ouro e prata