covid-19
Fotografia: IMEDIATO/Ricardo Rodrigues

A incidência de covid-19 (número de casos positivos por cada 100 mil habitantes) segui a tendência das últimas semanas e voltou a aumentar nos concelhos da região do Vale do Sousa. O mais recente relatório epidemiológico da Direção Geral da Saúde (DGS) indica que o maior crescimento sucedeu-se em Lousada.

De 2 a 15 de dezembro, a indicência cumulativa subiu, em média, mais de 30% nos seis concelhos do Vale do Sousa analisados pelo IMEDIATO – Castelo de Paiva, Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira, Paredes e Penafiel, relativamente aos últimos dados tornados públicos, relativos ao período de 25/11 a 08/12.

Contabilizando, em média, 359 casos positivos por cada 100 mil habitantes, a situação epidemiológica difere de concelho para concelho. O maior aumento entre os dois relatórios foi encontrado em Lousada, onde o número de casos por cada 100 mil habitantes aumentou 70,95%. Já o menor incremento foi encontrado em Paços de Ferreira – 14,80%.

Consulte a tabela e saiba mais sobre a situação epidemiológica do seu concelho.


Incidência cumulativa (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) no Vale do Sousa*:

Concelho Incidência de 25/11 a 08/12 Incidência de 02/12 a 15/12  Diferença (%)
Castelo de Paiva 484 536 +10,74%
Felgueiras 308 367 +19,16%
Lousada 148 253 +70,95%
Paços de Ferreira 108 124 +14,80%
Paredes 323 448 +38,70%
Penafiel 284 426 +50,00%
Vale do Sousa 275,83 359 +30,15%

*Dados do boletim epidemiológico da Direção Geral da saúde de 17/12.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *