Alexandre Costa // PSD de Paços de Ferreira
Alexandre Costa. Fotografia: IMEDIATO/Ricardo Rodrigues

Alexandre Costa foi reeleito presidente da Comissão Política do Partido Social Democrata de Paços de Ferreira para um mandato de dois anos. O ato eleitoral decorreu no sábado, contando com apenas uma lista candidata, e reuniu cerca de uma centena de militantes.

As eleições internas foram provocadas pela própria Comissão Política dos sociais-democratas pacenses, que se demitiu para efetuar um acerto do calendário e se ajustar com os períodos dos mandatos autárquicos.

“As autárquicas são o trabalho mais visível das concelhias, sendo o grande objetivo organizar e vencer as eleições. Para isso, os calendários do partido têm de estar adequados e sincronizados”, considera Alexandre Costa, em declarações ao IMEDIATO.

Segundo o líder dos ‘laranjas’ de Paços de Ferreira, até 2023 a missão da recém-eleita Comissão Política será de fazer “um esforço muito grande para aumentar o partido em valor e pensamento”, concretamente através do reforço das fileiras concelhias, de forma a que, no próximo ato eleitoral interno, exista “um maior número de vozes e pluralismo”.

Alexandre Costa mantém a “porta aberta” face a uma recandidatura à liderança do PSD de Paços de Ferreira em 2023, uma altura de preparação para as eleições de 2025. O próximo ato eleitoral autárquico marca um fecho de ciclo para o atual presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, Humberto Brito, que cumpre agora o seu terceiro e último mandato à frente da autarquia.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *