Ferido

 

Um jovem de 20 anos ficou com cerca de 50 por cento do corpo queimado, depois de ter sido atingido pelas chamas provocadas pelo rebentamento de uma caldeira, numa fábrica de móveis, em Rebordosa, no concelho de Paredes.

Ao que o IMEDIATO apurou, o jovem trabalhador sofreu queimaduras de 2.º e 3.º graus na face, tórax e membros superiores. Foi assistido no local pelos Bombeiros Voluntários de Rebordosa e por uma equipa da viatura médica de emergência e reanimação do Vale do Sousa, sendo depois induzido em coma, devido a queimaduras nas vias respiratórias e ventilado.

Foi transportado para a unidade de Queimados do Hospital de São João, no Porto, onde se encontra internado nos Cuidados Intensivos.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *