Ponte Hintze Ribeiro - Entre os Rios
Fotografia: Direitos Reservados

Assinalam-se, esta sexta-feira, 21 anos desde a derrocada da Ponte Hintze Ribeiro, que ligava as margens de Entre-os-Rios e Castelo de Paiva. O acontecimento tirou a vida a 59 pessoas, a maioria de Castelo de Paiva, que regressava de uma excursão a Trás-os-Montes, às Amendoeiras em Flor.

“Em dia de forte temporal, ao princípio de noite de 4 de Março de 2001, o país soube, perturbado, que o tabuleiro da ponte centenária Hintze Ribeiro tinha ruído, arrastando para as águas barrentas e tumultuosas do Rio Douro, em modo de cheio, um autocarro onde seguiam 53 passageiros, e também três automóveis, com seis pessoas, não havendo sobreviventes da tragédia”, recorda a Câmara Municipal de Castelo de Paiva, em comunicado.

A data vai ser assinalada pela Associação de Familiares das Vitimas da Tragédia de Entre-os-Rios (AFVTER), em parceria com a autarquia, ao final da tarde desta sexta-feira.

Vai ser realizada uma missa na Igreja Paroquial de Sebolido, Penafiel, pelas 18h com a bênção de 59 flores, seguido de colocação de coroa de flores no cemitério local. Depois, pelas 19h, junto da antiga Ponte Hintze Ribeiro e ao Monumento «Anjo de Portugal», haverá uma nova cerimónia de homenagem com o lançamento de 59 flores ao Rio Douro.

Programa do 21a aniversario da tragedia da Ponte de Entre os Rios
Imagem: Câmara Municipal de Castelo de Paiva

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.