risco . Saúde, Desconfinamento; Paços de Ferreira; Incidência covid-19
Fotografia: Direitos Reservados

O Governo atualizou esta quinta-feira as listas de risco “muito elevado” e “elevado” e, entre os 116 municípios que integram os dois grupos, encontram-se os concelhos da região do Tâmega e Sousa. Toda a região vai ter novas medidas restritivas, desde a limitação da circulação na via pública a partir das 23h à redução do horário de funcionamento de restaurantes.

Em conferência de imprensa após reunião do Conselho de Ministros, a ministra do Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, afirmou que, de um modo nacional, o balanço do ritmo de transmissão de covid-19 “continua positivo” uma vez que “é menor do que foi nas últimas semanas” e, no gráfico usado para medir a situação epidemiológico no país, “o vermelho é menos denso do que era há umas semanas”.

Contudo, todos os concelhos da região do Vale do Sousa entraram nas listas de risco “muito elevado” e “elevado” do Governo, ao registarem por duas semanas consecutivas elevadas incidências cumulativas de covid-19.

Paredes e Lousada integram a lista de risco “muito elevado” ao contabilizarem incidências superiores a 240 por duas semanas consecutivas, enquanto Paços de Ferreira, Penafiel, Castelo de Paiva e Felgueiras passaram ao grupo de risco “elevado”, com valores superiores a 120 casos por 100 mil habitantes por duas contagens consecutivas.

Ao entrarem nestes dois grupos de risco, nos concelhos do Vale do Sousa vão ser implementadas novas restrições:

Novas medidas restritivas para Paredes e Lousada (risco “muito elevado”):

  • Limitação da circulação na via pública a partir das 23h00.
  • Restaurantes podem funcionar até às 22h30. Às sextas-feiras a partir das 19h00 e aos sábados, domingos e feriados durante todo o dia, o acesso a restaurantes para serviço de refeições no interior está permitido apenas aos portadores de certificado digital ou teste negativo. A limitação do número do número de pessoas por mesa mantém-se: máximo de 4 pessoas por mesa no interior e de 6 pessoas por mesa na esplanada;
  • Exigência de certificado digital ou teste negativo para o acesso a estabelecimentos turísticos e de alojamento local;
  • Teletrabalho obrigatório quando as atividades o permitam;
  • Espetáculos culturais até às 22h30;
  • Casamentos e batizados com 25 % da lotação;
  • Comércio a retalho alimentar até às 21h00 durante a semana e até às 19h00 ao fim de semana e feriados;
  • Comércio a retalho não alimentar e prestação de serviços até às 21h00 durante a semana e até às 15h30 ao fim de semana e feriados;
  • Permissão de prática de modalidades desportivas de médio risco, sem público;
  • Permissão de prática de atividade física ao ar livre até seis pessoas e ginásios sem aulas de grupo;
  • Eventos em exterior com diminuição de lotação, a definir pela DGS;
  • Lojas de Cidadão com atendimento presencial por marcação.

Novas medidas para Paços de Ferreira, Penafiel, Castelo de Paiva e Felgueiras (risco “elevado”)

  • Limitação da circulação na via pública a partir das 23h00.
  • Restaurantes podem funcionar até às 22h30. Às sextas-feiras a partir das 19h00 e aos sábados, domingos e feriados durante todo o dia, o acesso a restaurantes para serviço de refeições no interior está permitido apenas aos portadores de certificado digital ou teste negativo. A limitação do número do número de pessoas por mesa mantém-se: máximo de 6 pessoas por mesa no interior e de 10 pessoas por mesa na esplanada;
  • Exigência de certificado digital ou teste negativo para o acesso a estabelecimentos turísticos e de alojamento local;
  • Teletrabalho obrigatório quando as atividades o permitam;
  • Espetáculos culturais até às 22h30;
  • Casamentos e batizados com 50 % da lotação;
  • Comércio a retalho alimentar, não alimentar e prestação de serviços até às 21h00;
  • Permissão de prática de todas as modalidades desportivas, sem público;
  • Permissão de prática de atividade física ao ar livre e em ginásios;
  • Eventos em exterior com diminuição de lotação, a definir pela Direção -Geral da Saúde (DGS);
  • Lojas de Cidadão com atendimento presencial por marcação.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *