Testes à Covid-19 no Vale do Sousa

De 17 a 23 de março, os concelhos de Paços de Ferreira, Penafiel e Paredes registaram aumentos na incidência cumulativa de covid-19 a 14 dias (novos casos positivos por 100 mil habitantes), aponta o relatório epidemiológico da Direção Geral da Saúde publicado esta segunda-feira.

Contudo, em média, o Vale do Sousa registou uma diminuição de 12,54% no número de casos por 100 mil habitantes, quando comparando com os últimos dados conhecidos, de 10 a 23 de março. A região passou de um rácio de 59,83 casos por 100 mil habitantes para 52,33.

Paços de Ferreira com a maior incidência de covid-19 da região

Segundo o documento, divulgado semanalmente com dados a nível concelhio, Paços de Ferreira regista mesmo a maior incidência do Vale do Sousa: 100 casos por cada 100 mil habitantes, um valor bem superior à média nacional, de 62,8, e de Portugal Continental, de 60,9.

Ao IMEDIATO, fonte da Câmara Municipal de Paços de Ferreira tinha adiantado que, de “dois a três casos” positivos diários, o município passou para “mais de cinco”, sendo que 30% dos novos infetados estavam diretamente relacionados com um surto de covid-19 numa fábrica de estofos do concelho.

A mesma fonte adiantou que as autoridades de saúde e as brigadas de intervenção municipal identificaram os casos positivos e de risco entre os trabalhadores da firma, estando o surto “controlado”, mas ainda se conhece a situação a nível da “disseminação comunitária”.

Penafiel e Paredes registam aumentos

Também os concelhos de Paredes e Penafiel registaram aumentos na incidência cumulativa de covid-19, de 50,00% e 15,63% , respetivamente. O concelho de Paredes passou de 48 para 72 casos positivos por cada 100 mil habitantes, enquanto Penafiel passou de 32 para 37.

Por outro lado, nos concelhos de Lousada, Felgueiras e Castelo de Paiva verificou-se uma diminuição da incidência cumulativa. A maior queda aconteceu em Castelo de Paiva, que registou 45 casos por 100 mil habitantes, menos 61,21% que de 10 a 23 de março.

Já Felgueiras passou de 60 para 30 casos positivos por 100 mil habitantes, menos 50,00%, enquanto Lousada passou de 45 para 30 casos de covid-19 por 100 mil habitantes, com uma quebra de 33,33%. Consulte a tabela e saiba mais acerca da situação do seu concelho.


Incidência cumulativa (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) no Vale do Sousa*:

Incidência de 10/03 a 23/03 Incidência de 17/03 a 30/03 Diferença (%)
Castelo de Paiva 116 45 -61,21%
Felgueiras 60 30 -50,00%
Lousada 45 30 -33,33%
Paços de Ferreira 58 100 +72,41%
Paredes 48 72 +50,00%
Penafiel 32 37 +15,63%
Vale do Sousa 59,83 52,33 -12,54%

*Dados do boletim epidemiológico da Direção Geral da saúde de 05/04.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *