Paredes
Fotografia: “O Blog do David”

Fundado a 13 de dezembro de 1924 a partir da fusão de três clubes, o Aliança, o Comercial e o Paredense, e por iniciativa do padre Marcelino da Conceição e de Evaristo Soares Leal e Delfim da Costa, o União Sport Clube Paredes soma quase 50 presenças nos campeonatos nacionais.

Campeão da III Divisão Nacional por duas ocasiões, em 1999-00 e 2008-09, o emblema do distrito do Porto emergiu após o 25 de Abril de 1974, estando na presente temporada a competir pela quarta vez (consecutiva) no Campeonato de Portugal. Para trás ficam onze presenças na II Divisão Nacional, 13 na II Divisão B e 21 na III Divisão.

Em termos de Taça de Portugal, o melhor que os paredenses conseguiram foi chegar aos quartos de final em 1984-85, numa campanha em que só foram travados pelo Benfica. Vale por isso a pena recordar os dez jogadores com mais jogos pelo Paredes no Campeonato de Portugal.

10. Jorginho (45 jogos)

Lateral/extremo esquerdo nascido em Paredes e irmão mais novo de Tozé, que representou o Paredes entre 2013-14 e 2015-16, fez toda a formação no Paços de Ferreira e passou ainda pelo Vianense antes de ingressar pela primeira vez nos unionistas em 2006-07, na II Divisão B.

Haveria de voltar em 2008-09, depois de uma passagem pelo Amarante, para se sagrar campeão da III Divisão Nacional e assegurar a promoção à II Divisão B, patamar em que competiu na época que se seguiu e, posteriormente, em 2011-12, depois uma aventura no Fafe.

Nas temporadas seguintes representou clubes como Lousada, Aliados Lordelo, Cinfães, Rebordosa e Sobrado, tendo regressado aos paredenses em 2016-17, na altura para competir nos distritais da AF Porto, quando já tinha 31 anos.

Em 2017-18 sagrou-se campeão da Divisão de Elite – Pro-nacional da AF Porto e nas duas épocas que se seguiram amealhou 45 partidas (44 a titular) e três golos no Campeonato de Portugal. No verão de 2020 transferiu-se para o Vila Meã.

9. Nuno Martins (47 jogos)

Atacante nascido na Suíça, mas desde tenra idade radicado na zona de Paredes, concluiu a formação no Penafiel, mas foi no Paredes que iniciou o seu percurso como futebolista sénior, em 2016-17.

Na temporada seguinte sagrou-se campeão da Divisão de Elite – Pro-nacional da AF Porto e desde 2018-19 que soma já 47 partidas (26 a titular) no Campeonato de Portugal, incluindo uma na época que está a decorrer.

Paralelamente, participou em novembro de 2020 numa eliminatória da Taça de Portugal em que os nortenhos, a jogar em casa, deram bastante luta ao Benfica.

8. Henrique (47 jogos)

Disputou o mesmo número de jogos de Nuno Martins, mas amealhou mais minutos em campo – 3698 contra 2345.

Defesa central nascido em Paredes e formado maioritariamente no clube da terra, transitou para a equipa principal em 2017-18, época marcada pela conquista do título da Divisão de Elite – Pro-nacional da AF Porto.

A competir no Campeonato de Portugal ao serviço dos paredenses desde 2018-19, leva já 47 jogos (41 a titular) e um golo (ao Coimbrões em 2021-22) na prova, incluindo oito partidas na época que está a decorrer.

Paralelamente, participou em novembro de 2020 numa eliminatória da Taça de Portugal em que os nortenhos, a jogar em casa, deram bastante luta ao Benfica.

7. Nuno Moreira (52 jogos)

Defesa central nascido em Marco de Canaveses e que passou pelas camadas jovens do Penafiel e Paços de Ferreira, ingressou no Paredes na primeira época de sénior, 2014-15.

Já bastante consolidado como no titular no eixo defensivo paredense, sagrou-se campeão da Divisão de Elite – Pro-nacional da AF Porto em 2017-18 e amealhou 52 encontros (todos a partir do onze inicial) no Campeonato de Portugal nas duas épocas que se seguiram, boa parte deles já na condição de capitão de equipa.

“Teve um significado muito especial voltar a colocar o Paredes nas nacionais. Foi um grande feito tanto para toda a massa adepta como para o clube, que o já mereciam e ansiavam com isso há muito tempo. Por sua vez, também foi a minha primeira subida enquanto sénior, motivo pelo qual foi um acontecimento muito especial, e que será para mim sempre um motivo de orgulho”, afirmou ao portal Complexo. No verão de 2020 transferiu-se para o Louletano.

6. Dani Carvalho (58 jogos)

Guarda-redes nascido em Paredes e maioritariamente formado no clube da terra, concluiu a formação e iniciou o percurso como sénior no Freamunde, clube que o emprestou aos unionistas em 2017-18, época marcada pela conquista do título da Divisão de Elite – Pro-nacional da AF Porto.

Nas duas temporadas que se seguiram, já vinculado aos paredenses a título definitivo, amealhou 58 jogos e 51 golos sofridos no Campeonato de Portugal. No verão de 2020 transferiu-se para o Fafe.

5. Ema (61 jogos)

Lateral direito/médio defensivo que ingressou nos infantis do Paredes em 2011-12, transitou para a equipa principal em 2017-18, uma época marcada pela conquista do título da Divisão de Elite – Pro-nacional da AF Porto.

Paralelamente, participou em novembro de 2020 numa eliminatória da Taça de Portugal em que os nortenhos, a jogar em casa, deram bastante luta ao Benfica.

4. Joel Barbosa (63 jogos)

Médio ofensivo/extremo formado no Paços de Ferreira, passou pelos seniores de Nelas, Ermesinde, Santa Eulália, Rebordosa, Aliados Lordelo, Amarante e Cinfães antes de ingressar pela primeira vez no Paredes em 2015-16.

Duas temporadas depois, após uma passagem pelo Aliança de Gandra, regressou aos unionistas para se sagrar campeão da Divisão de Elite – Pro-nacional da AF Porto e contribuir para a promoção ao Campeonato de Portugal, patamar em que desde 2018 leva já 63 partidas (54 a titular) e 13 golos, incluindo dois jogos na época que está a decorrer. Pelo meio, representou o Vila Meã entre setembro e dezembro de 2020.

3. Tó Jó (65 jogos)

Médio defensivo formado no Paredes, transitou em definitivo para a equipa principal em 2009-10 e desde então que tem feito quase todo o seu percurso nos unionistas, apesar de curtas passagens por Operário, Lousada e Aliados Lordelo.

Em 2017-18 sagrou-se campeão da Divisão de Elite – Pro-nacional da AF Porto e contribuiu para a promoção ao Campeonato de Portugal, patamar em que nas três épocas que se seguiram totalizou 65 partidas (53 a titular) e quatro golos.

Paralelamente, participou em novembro de 2020 numa eliminatória da Taça de Portugal em que os nortenhos, a jogar em casa, deram bastante luta ao Benfica. No verão de 2021 transferiu-se para o Rebordosa.

2. Ismael (72 jogos)

Extremo formado no Penafiel e que chegou a jogar pela equipa principal dos durienses na II Liga, passou por Rebordosa, Vila Meã e Cinfães antes de ingressar no Paredes em 2015-16.

Na terceira época ao serviço dos unionistas sagrou-se se campeão da Divisão de Elite – Pro-nacional da AF Porto e contribuiu para a promoção ao Campeonato de Portugal, patamar em que desde 2018 leva já 72 partidas (59 a titular) e sete golos, incluindo oito jogos e um golo na temporada que está a decorrer.

Paralelamente, participou em novembro de 2020 numa eliminatória da Taça de Portugal em que os nortenhos, a jogar em casa, deram bastante luta ao Benfica.

1. Madureira (83 jogos)

Ponta de lança natural de Recarei, no concelho de Paredes, fez toda a formação nos unionistas, tendo transitado para a equipa principal em 2010-11.

Embora tivesse passado por outros clubes desde 2012, nomeadamente Famalicão, Vianense, Santa Eulália e Rebordosa, nunca esteve muito tempo longe do clube da terra, acabando por se ficar mesmo nos paredenses a partir de 2017-18, época marcada pela conquista do título da Divisão de Elite – Pro-nacional da AF Porto.

Desde a temporada que se seguiu que leva já 83 partidas (62 a titular) e 28 golos no Campeonato de Portugal, registo que faz dele o melhor marcador de sempre dos nortenhos na competição.

Paralelamente, participou em novembro de 2020 numa eliminatória da Taça de Portugal em que os nortenhos, a jogar em casa, deram bastante luta ao Benfica.

Leia o artigo completo no “O Blog do David”, da autoria de David Pereira.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *