NotPro Studios
Gravações espalharam-se por mais de 20 pontos do Vale do Sousa e norte do país. Fotografia: Notpro Studios

A NotPro Studios é uma produtora amadora sem fins lucrativos, localizada na freguesia de Cristelo, em Paredes, que consiste num grupo de amigos que por “amor à camisola” produzem vídeos amadores, como, séries, filmes e curtas-metragens.

No início do mês, lançaram uma websérie no YouTube, “The Rest of Us”, que retrata a vida universitária e  conta a história de jovens artistas que lutam pelo seu sonho em Portugal. “A série mostra um pouco a crítica social em como a cultura é posta de lado”, contou o realizador Pedro Ribeiro, ao IMEDIATO.

As gravações decorreram, principalmente, nos concelhos de Paredes e Vila Real, mas espalharam-se por mais de 20 pontos do Vale do Sousa e norte do país, como Paços de Ferreira, Penafiel, Lousada e Porto.

Quando iniciaram as filmagens, a pandemia ainda não estava presente em Portugal. Contudo, no primeiro confinamento tiveram de parar durante seis meses e quando retomaram fizeram regravações, tendo em conta que as pessoas estavam “diferentes” e também não era permitido gravar em locais públicos, por isso, não quiseram fazê-lo sem estarem preparados.

A origem do nome NotPro Studios surgiu “porque nós não somos profissionais e mesmo não sendo profissionais conseguimos fazer coisas incríveis com o pouco que temos”, considerou Pedro Ribeiro.

Filme da NotPro Studios publicado em plataforma nacional

A primeira curta-metragem da NotPro Studios, “Carta nº4”, foi produzida para um concurso de novos talentos da Fnac, tendo enfoque sobre o efeito borboleta, ou seja, como pequenos acontecimentos podem ter grandes efeitos. O realizador afirma que “são os breves momentos que fazem uma enorme diferença na nossa vida.”

Também o filme “Odeio Não Te Odiar” baseia-se na amizade do elenco da produtora, e, recentemente foi publicado numa plataforma de filmes nacional. “Achei excelente conseguir entrar numa plataforma, ter qualidade suficiente, mesmo sendo amador”, confidenciou Pedro Ribeiro.

O realizador marca como a “maior dificuldade” e desafio reunir todo o elenco, visto que são mais de 70 pessoas e as gravações em várias regiões do norte do país. Também denota a falta de material, nomeadamente, ao nível do som.

A NotPro Studios idealiza a segunda temporada da websérie, mas pretende adquirir orçamentos para a sua realização para assim conseguirem melhorias a nível profissional e material.

Já estão disponíveis alguns episódios da primeira temporada da websérie aqui.

Artigo editado por Ricardo Rodrigues.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *