Saldos

Apenas 27% dos portugueses vão aproveitar os saldos de janeiro para fazer compras. Em 2019, eram 36%, mais 11%. O inquérito levado a cabo pelo Observador Cetelem indicou que os mais jovens (dos 18 aos 34 anos) são os que mais aderem às promoções, sendo as peças de vestuário os itens mais procurados.

Do total, 1% pretende fazer compras normais para si ou para outros, mas 6% (o dobro que em 2019), pretendem aproveitar os saldos de janeiro para fazer compras tardias de Natal. As opções mais procuradas recaem sobretudo em peças de vestuário (87%), seguindo-se os acessórios de
moda (29%), perfumes (23%) e produtos culturais (18%).

Segundo o estudo, que inclui as respostas de 600 portugueses de várias idades, os mais jovens (dos 18 aos 34 anos) são aqueles que mais tencionam comprar nestes saldos, entre os 38% de interessados que pretendem comprar neste período. Por outro lado, são os mais velhos (65-74 anos) os menos interessados (3%).

Foi possível verificar ainda que quase metade (44%) dos portugueses que têm a intenção de comprar nos saldos de janeiro residem nas zonas de Lisboa e Porto.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *