Maquete da Capela do Pilar construída com milhares de fósforos
Fotografia: Município de Paços de Ferreira

Fernando Pinho construiu uma maquete da Capela do Pilar, em Penamaior, usando milhares de fósforos guardados ao longo de anos. A peça, iniciada em 2013 por mero gosto por esta arte, e terminada no ano passado, está patente até ao próximo mês no Posto de Turismo de Paços de Ferreira.

Demoraria uma eternidade contar o número de fósforos de madeira utilizados por Fernando Pinho para construir a sua réplica da Capela do Pilar. Contudo, apenas para o telhado, o artista estima ter precisado de cerca de três mil pedaços de fósforos cortados à medida. “Os primeiros fósforos foram colados em outubro de 2013 e acabei em 2021, com alguns interregnos pelo meio”, contou ao IMEDIATO o penamaiorense, “orgulhoso” do resultado de horas de dedicação e dos elogios angariados.

A “musa” é a Capela do Pilar, um local de inspiração para Fernando Pinho e onde se realizam as romarias da freguesia. “Não é um monumento muito grande, mas é um dos ex-líbris da freguesia e um local muito bonito”, afirmou.

A réplica foi construída pelo gosto por esta arte, que já o acompanha há cerca de duas décadas, e que se iniciou por influência do pai, que também tinha peças feitas a partir do material. Começou por fazer uma maquete da sua casa, e, ao aperceber-se da quantidade de tempo necessário para levar o projeto avante, confessa que pensou em desistir. “A minha família motivou-me a continuar, gostaram de ver o que estava a surgir”, contou.

Foi também o apoio e reação positiva da família e os amigos que motivaram o artista a expor o seu trabalho, inicialmente num café da freguesia, mas agora no Posto de Turismo de Paços de Ferreira.

Também a Junta de Freguesia de Penamaior já manifestou interesse em mostrar a obra à população.
“Não sonhava em ver a minha maquete exposta. Comecei com gosto e necessidade de manter ocupado, não gosto de estar quieto”, indicou ao IMEDIATO.

Agora, Fernando Pinho já trabalha na sua próxima obra, revelando apenas que se trata de outro monumento religioso do concelho de Paços de Ferreira.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.