Burla
Fotografia: GNR

A GNR  constituiu arguido um jovem de 28 anos por crimes de burla, no concelho de Penafiel. Segundo um comunicado da força policial, o suspeito estava envolvido num grupo de burlões que operava  em diversos concelhos da região norte do país.

“Foi possível apurar-se que o suspeito abordava as vítimas, especialmente vulneráveis, alegando pertencer a empresas credíveis, com identidades e profissões falsas. Desta forma, o suspeito adquiria a confiança das vítimas, e de seguida oferecia computadores portáteis a baixo custo, acompanhando-as até terminais multibanco, onde se apoderava indevidamente de quantias monetárias”, indica a GNR, em nota de imprensa.

A identificação do suspeito acontece na sequência de uma investigação por um crime de burla ocorrido há cerca de dois meses, no concelho de Penafiel. As autoridades conseguiram localizar o suspeito e apreender seis computadores portáteis um telemóvel e um veículo.

O suspeito foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Penafiel.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.