José Mota
Fotografia: Leixões SC

José Mota, técnico natural de Lordelo, deixou o cargo de treinador da equipa sénior do Leixões SC, que milita na Segunda Divisão Nacional. O técnico agradeceu o apoio recebido no clube e afirma que vai sempre “guardar no coração” as recordações ao leme da equipa.

“A Leixões SC – Futebol, SAD agradece a José Mota o excelente trabalho realizado ao serviço do nosso clube. Um trajeto que dispensa apresentações de um treinador que terá sempre um lugar especial na história do Leixões. Muito obrigado por tudo”, reagiu o clube, nos seus canais de comunicação.

Citado no comunicado do clube, o treinador lordelense agradeceu todo o apoio dos jogadores, ‘staff’ e funcionários após o término de uma “excelente época” em que a manutenção foi conseguida.

“No dia em que termina o meu vínculo, quero agradecer ao Leixões por me ter proporcionado ser o treinador com mais jogos na história do clube. Um registo destes, num emblema com esta grandeza, é muito gratificante e digno de orgulho. Realizamos uma excelente época e isso só foi possível graças ao excelente trabalho dos jogadores, staff e funcionários. Trabalhámos todos para o mesmo e isso foi fundamental. Agradeço o apoio dos sócios e adeptos, que estiveram sempre ao nosso lado. O Leixões é um clube especial e do qual guardarei sempre excelentes recordações”, afirma.

Em modo de despedida, José Mota pediu o apoio dos sócios e adeptos à nova equipa técnica e jogadores que vão representar o emblema na próxima época desportiva. “Desejo o melhor possível a este clube histórico, em que vivi grandes momentos. O Leixões tem um lugar especial no meu coração”, rematou.

Paulo Sousa e Tiago Pinheiro, treinadores adjuntos, e Emanuel Konde, treinador de guarda-redes, também terminam o vínculo contratual e estão de saída do Leixões com José Mota.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.