Paços de Ferreira

Entre 6 e 19 de novembro, a incidência cumulativa (casos por 100.000 habitantes) de covid-19 registou desenvolvimentos distintos nos concelhos do Vale do Sousa, quando comparando com o últimos dados divulgados pela Direção Geral da Saúde (DGS), de 28 de outubro a 10 de novembro.

Segundo o mais recente boletim epidemiológico, enquanto em Paços de Ferreira, Lousada e Paredes o valor caiu, em Penafiel, Felgueiras e Castelo de Paiva o cenário foi o oposto.

 

Contudo, os dados dos concelhos da região continuam a ser dos mais preocupantes do país. A incidência média nos seis concelhos do Vale do Sousa analisados pelo IMEDIATO foi de 2.106 casos por 100 mil habitantes, quase três vezes superior à média nacional, 758.

Paços de Ferreira deixou de ser o concelho com pior incidência cumulativa do país, passando de 3.698 casos positivos de covid-19 por 100.000 habitantes (de 28 de outubro a 10 de novembro) para 2.533 (de 6 e 19 de novembro), uma redução de 31,5%.

Lousada inverteu o lugar com a Capital do Móvel e é o concelho com pior incidência do país, com 2.791 infetados por 100 mil habitantes – ainda que também tenha registado uma redução no valor. Entre os dois períodos analisados pelo IMEDIATO, o número de infeções por 100 mil habitantes caiu 16,98%.

O terceiro concelho mais afetado no Vale do Sousa entre 6 e 19 de novembro foi Felgueiras, que, ao contrário de Paços de Ferreira e Lousada, registou um aumento na incidência cumulativa na ordem dos 29,20%.

Também em Penafiel a incidência cumulativa aumentou, passando de 2.055 (de 28 de outubro a 10 de novembro) para 2.108, uma subida de 2,58%. Já Paredes registou uma redução no valor na ordem dos 19,93%, descendo dos 2.132 casos por 100 mil habitantes para 1.707.

Em Castelo de Paiva, a situação epidemiológica agravou-se: se entre 28 de outubro a 10 de novembro eram contabilizados 783 casos por 100.000 habitantes, de de 6 e 19 de novembro a incidência cumulativa foi de 1.255, uma subida de 60,28%.

Esta segunda-feira foram anunciados mais 4.044 infetados, 74 mortes e 3.908 recuperados no país. No total, contam-se 264.802 casos positivos no país desde o início da pandemia, 84.004 ativos. Recuperaram 176.827 doentes e faleceram 3.971.


Incidência cumulativa (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) na região*:

Incidência de 28/10 a 10/11 Incidência de 6/11 a 19/11 Diferença (%)
Portugal 760 758 -0,26%
Castelo de Paiva 783 1.255 +60,28%
Felgueiras 1.719 2.221 +29,20%
Lousada 3.362 2.791 -16,98
Paços de Ferreira 3.698 2.533 -31,5%
Paredes 2.132 1.707 -19,93%
Penafiel 2.055 2.108 +2,58%

*Dados do boletim epidemiológico da Direção Geral da saúde de 23/11.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *