risco . Saúde, Desconfinamento; Paços de Ferreira; Incidência covid-19
Fotografia: Direitos Reservados

A tendência de decréscimo da incidência cumulativa (casos de covid-19 por cada 100 mil habitantes) na região do Vale do Sousa a que se tem assistido ao longo das últimas semanas verificou-se novamente entre 23 de setembro e 6 de outubro, aponta o boletim epidemiológico da Direção Geral da Saúde (DGS) desta sexta-feira.

Segundo o documento, todos os concelhos do Vale Sousa registaram diminuições no indicador quando comparando com os últimos dados conhecidos, apresentando quedas que variam entre os 20% (Paços de Ferreira) e os 65% (Castelo de Paiva). Em média, o número de casos positivos por 100 mil habitantes desceu 44,18% na região.

O relatório de situação desta sexta-feira indica ainda que, no período analisado, o concelho de Paredes apresentava a maior incidência – 71 casos por 100 mil habitantes – e Castelo de Paiva o valor mais reduzido, 7. Consulte a tabela e saiba mais sobre a situação epidemiológica do seu concelho.


Incidência cumulativa (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) no Vale do Sousa*:

Concelho Incidência de 16/09 a 29/09 Incidência de 23/09 a 06/10 Diferença (%)
Castelo de Paiva 20 7 -65,00%
Felgueiras 82 45 -45,12%
Lousada 92 36 -60,87%
Paços de Ferreira 35 28 -20,00%
Paredes 114 71 -37,72%
Penafiel 69 43 -37,68%
Vale do Sousa 68,67 38,33 -44,18%

*Dados do boletim epidemiológico da Direção Geral da saúde de 08/10.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *