Desconfinamento; Paços de Ferreira; Incidência covid-19
Fotografia: Direitos Reservados

A grande maioria dos concelhos do Vale do Sousa diminuíram notoriamente a sua incidência cumulativa a 14 dias (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) entre 20 de janeiro a 2 de fevereiro. O relatório da Direção Geral da Saúde (DGS) indica ainda que Penafiel caiu do nível de risco de contágio “extremamente elevado” para “muito elevado”.

Segundo o documento, publicado esta segunda-feira, a maior diminuição aconteceu no concelho de Penafiel, onde o número de infetados por 100 mil habitantes caiu 14,79%, de 1.055 para 899, quando comparando com os últimos dados conhecidos, de 13 a 26 de janeiro.

O município penafidelense caiu ainda do nível de risco “extremamente elevado”, ocupado atualmente por Castelo de Paiva e Felgueiras, juntando-se aos restantes concelhos do Vale do Sousa no nível “muito elevado” no sistema de avaliação epidemiológica usado pelo Governo.

Também Paços de Ferreira, Paredes e Felgueiras registaram diminuições, de 5,99%, 8,63% e 13,36%, respetivamente. A Capital do Móvel continua, assim, a evidenciar a incidência cumulativa mais baixa dos seis municípios analisados pelo IMEDIATO, com 628 casos positivos por 100 mil habitantes.

Por outro lado, em Lousada e Castelo de Paiva a tendência foi de aumento. Em terras lousadenses, a subida foi de apenas 0,23%, passando de 890 para 892 casos por 100 mil habitantes, mas em Castelo de Paiva foi de 19,44%, tendo crescido de 1.029 para 1.229 nos dois períodos estudados.

Consulte a tabela e conheça a situação do seu concelho.


Incidência cumulativa (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) no Vale do Sousa*:

Incidência de 13/01 a 26/01 Incidência de 20/01 a 02/02 Diferença (%)
Castelo de Paiva  1.029 1.229 +19,44%
Felgueiras  1.205 1.044 -13,36%
Lousada  890 892 +0,23%
Paços de Ferreira 668 628 -5,99%
Paredes 834 762 -8,63%
Penafiel 1.055 899 -14,79%
Vale do Sousa 946,83 909 -3,67%

*Dados do boletim epidemiológico da Direção Geral da saúde de 08/02.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *