Capital do Móvel
Fotografia: APEF

Já existe data e local marcado para a próxima Feira Capital do Móvel. De 4 a 12 de setembro, a 56ª edição do certame vai levar dezenas de expositores das áreas de mobiliário e decoração à Alfândega do Porto, um espaço já bem conhecido pelos empresários pacenses.

A Feira Capital do Móvel está de regresso à Invicta e esperam-se mais visitantes e expositores àquela que é considerada a maior feira de mobiliário e decoração do país. À conversa com o Jornal IMEDIATO, o presidente da Associação Empresarial de Paços de Ferreira (AEPF), Samuel Santiago, levantou o véu às razões que levaram à escolha do local.

“A Alfândega do Porto tem sido um sucesso para a Feira Capital do Móvel. Sentimos uma adesão muito grande entre os visitantes, os expositores adoram o espaço, e a proximidade com Paços de Ferreira permite que, depois da feira, haja uma visita dos clientes”, justificou.

Com algumas novidades em mente, a AEPF pretende aumentar o número de expositores presentes na 56ª Feira Capital do Móvel, de forma a disponibilizar cada vez mais oferta. Recorde-se que, na última edição do evento, que aconteceu no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa, exibiu os produtos de 40 expositores pacenses, sendo que a organização teve de recusar algumas das candidaturas efetuadas devido a limitações de espaço.

Na 56ª edição da Feira Capital do Móvel, durante cinco dias, 3.270 visitantes estiveram em contacto com os produtores pacenses, sendo que, segundo dados avançados pela AEPF ao IMEDIATO, cerca de 84% deles se classificaram como “satisfeitos” e “muito satisfeitos” com o certame, que decorreu pela primeira vez na cidade lisboeta e agora regressa ao Porto.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *