Estação de Radar nº 2
Fotografia: Força Aérea Portuguesa

A Estação de Radar N.º 2, situada no Monte Pilar, em Paços de Ferreira, assinala esta quarta-feira o seu 63.º aniversário. A estação foi ativada em 1996, sendo “herdeira patrimonial e histórica” da Esquadra de Deteção e Conduta de Interceção N.º 12, que iniciou atividade a 15 de setembro de 1958.

“Atualmente, esta Unidade assume um papel fundamental no sistema de Defesa Aérea nacional, disponibilizando a imagem radar do espaço aéreo nacional, bem como as componentes de comunicações Gound Air Groung e Tactical Data Link, que, no conjunto, são parte integrante do sistema de Comando e Controlo Aéreo português, contribuindo de forma decisiva para a soberania nacional e para o cumprimento dos nossos compromissos com a Aliança Atlântica”, lê-se na página da Força Aérea Portuguesa.

A Estação de Radar N.º 2 tem ainda implementado um Sistema de Gestão focado na componente ambiental, certificado por entidade acreditada.

A 15 de setembro de 1958, dava início a atividade operacional da Estação de Radar do Pilar com a criação da Esquadra de Deteção e Conduta de Interceção N.º 12. Em março de 1996, por despacho do Estado-Maior da Força Aérea, foi ativada a Estação de Radar N.º 2, que herdou o património e história da Esquadra 12, desativada na mesma data.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *