lojas / AEP envia carta a António Costa a pedir metas de desconfinamento para apoiar economia local
Fotografia: Associação Empresarial de Penafiel

Esta segunda-feira avançou uma nova fase de desconfinamento na maioria dos concelhos do país. Desde o regresso às escolas dos alunos do ensino secundário e superior à reabertura de espaços culturais e todas as lojas, são várias as mudanças que entram em vigor neste novo “passo em frente”.

Contudo, o Governo pediu “particular atenção” à evolução da pandemia em 13 concelhos – um deles o de Paredes – que registaram incidências cumulativas a 14 dias (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) superiores a 120.

Esta é a terceira de quatro fases previstas no plano de desconfinamento nacional, que, no total, previu quatro, separadas por 15 dias. A quarta e derradeira fase está marcada para 3 de maio.

A partir desta segunda-feira

  • ensino secundário;
  • ensino superior;
  • cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos;
  • lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação;
  • todas as lojas e centros comerciais;
  • restaurantes, cafés e pastelarias (max 4 pessoas ou 6, por mesa, em esplanadas) até às 22h ou 13h ao fim-de-semana e feriados;
  • modalidades desportivas de médio risco;
  • atividade física ao ar livre até 6 pessoas e ginásios sem aulas de grupo;
  • eventos exteriores com diminuição de lotação;
  • casamentos e batizados com 25% de lotação;

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *