O Conselho Empresarial do Tâmega e Sousa (CETS) está a organizar um conjunto de ações de benchmarking (examinar e aprender o exemplo de outros) para as empresas da região. A primeira sessão vai acontecer esta terça-feira, em Lamego e Moimenta da Beira, para a área agroalimentar e turística.

Em comunicado, o CETS afirmou que está a organizar visitas “a diversas entidades de referência, exemplos de sucesso e boas práticas, sediadas em Portugal”, para que as empresas do Tâmega e Sousa possam aprender. As visitas vão-se focar em seis áreas: agroalimentar, construção, fileira da Moda (calçado, têxtil e vestuário), metalomecânica, mobiliário e turismo.

Emídio Monteiro, presidente do CETS é citado, referindo que “programa visa promover o upgrading empresarial da região e consequente aumento de competitividade da sua comunidade empresarial”. Para o dirigente, “os setores tradicionais predominantes no Tâmega e Sousa – apesar de serem de elevada exposição internacional – são na sua maioria de baixa e média-baixa tecnologia”.

Estas atividades fazem parte do projeto ‘Tâmega e Sousa – Qualify&Brand On’, sob a coordenação do prof. Óscar Afonso da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, sendo cofinanciadas pelo Norte 2020, Portugal 2020 e pelo FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional da União Europeia.