Covid-19
Fotografia: IMEDIATO/Ricardo Rodrigues

De 2 a 15 de junho, a região do Vale do Sousa não verificou aumentos na incidência cumulativa de covid-19  (casos positivos por 100 mil habitantes), de acordo com o relatório de situação da Direção Geral da Saúde (DGS) divulgado esta sexta-feira.

Entre os seis concelhos analisados pelo IMEDIATO (Paços de Ferreira, Penafiel, Paredes, Lousada, Felgueiras e Castelo de Paiva), apenas um manteve a incidência relativamente aos últimos números conhecidos, de 26/05 a 08/06: Paredes, que permaneceu com 33 casos positivos por 100 mil habitantes.

A incidência média do Vale do Sousa, que rondava os 69,83 casos por cada 100 mil habitantes, caiu para 50,17 entre 2 e 15 de junho, uma redução superior a 28%.

A nível concelhio, a maior queda entre os dois períodos analisados foide 52,73% e aconteceu no concelho de Castelo de Paiva, que passou de 110 casos por cada 100 mil habitantes para 52. Já a segunda maior quebra da região aconteceu em Penafiel (49,21%), de 63 para 32.

Consulte a tabela e conheça os dados do seu concelho.


Incidência cumulativa (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) no Vale do Sousa*:

Concelho Incidência de 26/05 a 08/06 Incidência de 02/06 a 15/06 Diferença (%)
Castelo de Paiva 110 52 -52,73%
Felgueiras 51 43 -15,69%
Lousada 105 90 -14,29%
Paços de Ferreira 71 51 -28,17%
Paredes 33 33 =
Penafiel 63 32 -49,21%
Vale do Sousa 69,83 50,17 -28,15%

*Dados do boletim epidemiológico da Direção Geral da saúde de 18/06.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *