Covid-19
Fotografia: Direitos Reservados

A Direção Geral da Saúde (DGS) divulgou esta sexta-feira, juntamente com o habitual relatório de situação da pandemia de covid-19, nova informação sobre a incidência cumulativa a nível municipal. No Vale do Sousa, de 24 de março a seis de abril (terça-feira), apenas os concelhos de Paços de Ferreira, Penafiel e Paredes registaram aumentos.

Paços de Ferreira registou o maior aumento da região no número de infetados por cada 100 mil habitantes. Comparando com os dados publicados na segunda-feira, relativos ao período de 17 a 30 de março, houve um aumento de 32% no concelho, que passou de 100 casos por 100 mil habitantes para 132.

Medidas para concelhos com mais de 120 casos de covid-19 por 100 mil habitantes

O primeiro-ministro, António Costa, indicou na quinta-feira que os concelhos com mais de 120 infetados por 100 mil habitantes requerem uma “atenção especial”, com o objetivo de evitar o progresso da pandemia e consequente paragem ou regressão no plano de desconfinamento.

“É necessário tomar medidas [nos concelhos com incidência superior a 120], tendo em vista identificar quais são os focos, as cadeias de transmissão e ver como podemos colaborar para controlar e evitar que daqui a 15 dias tínhamos de parar ou regredir” no desconfinamento, “ou que alguns concelhos tenham de o fazer”, afirmou o primeiro-ministro, no final de uma reunião com autarcas dos concelhos de maior risco.

Também os concelhos de Paredes e Penafiel contabilizaram aumentos na incidência cumulativa entre os dois períodos analisados, ainda que com valores bastante inferiores ao de Paços de Ferreira.

Em Paredes, o indicador subiu 13,88%, passando de 72 casos positivos de covid-19 por 100 mil habitantes, enquanto em Penafiel o aumento foi de 8,11%, de 37 para 40 testes positivos por cada 100 mil habitantes.

Segundo o relatório da DGS, nos municípios de Lousada, Castelo de Paiva e Felgueiras, a incidência cumulativa sofreu uma regressão. Em Lousada, o valor caiu 13,33%, de 30 casos positivos por 100 mil habitantes para 26, enquanto em Castelo de Paiva a quebra foi de 71,11%, de 45 para 13. Já em Felgueiras, a diminuição rondou os 71%, tendo o número de casos por 100 mil habitantes caído de 30 para 23.

Consulte a tabela e saiba mais acerca da situação do seu concelho.


Incidência cumulativa (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) no Vale do Sousa*:

Incidência de 17/03 a 30/03 Incidência de 24/03 a 06/04 Diferença (%)
Castelo de Paiva 45 13 -71,11%
Felgueiras 30 23 -23,33%
Lousada 30 26 -13,33%
Paços de Ferreira 100 132 +32,00%
Paredes 72 82 +13,88%
Penafiel 37 40 +8,11%
Vale do Sousa 52,33 52,66 +1,26%

*Dados do boletim epidemiológico da Direção Geral da saúde de 09/04.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *