Trabalho / Felicidade / outros / Saudades / Férias / Exames / reconhecimento / Beijo / Estudante / Ser / Relação / Mudança / Vida /Ano Novo / Tempo / Coaching / Preguiça / Coaching…para quê? - Poupa / Saber Viver

Findo o mês de agosto, uma grande parte da população regressa ao seu local de trabalho e às suas dinâmicas. Seria interessante, que a “gestão de topo,” após a análise da funcionalidade, eficiência e bem-sentir no trabalho, tivesse em consideração as melhores propostas de “melhoramento contínuo” dadas pelos seus colaboradores. Assim, algumas “disfuncionalidades” identificadas estariam já ultrapassadas. Por outro lado, sabendo que colegas de trabalho não podem “infernizar” a vida de outros colegas, seria interessante que  trabalhadores que possuem apenas competências técnica e científicas e não sociais, fossem convidados a “sair,” na recusa de trabalhar “os seus ponto fracos.” Um dos principais fatores de “(dis)stress” organizacional, não se prende apenas com as tarefas em si, mas com o “ambiente social” onde estas decorrem.

De regresso, com “baterias carregadas”, ou seja, com a motivação em alta e paixão por aquilo que se faz, associado a um ambiente mais “limpo” e funcional, fica com cada vez melhores recursos (materiais e imateriais) para que o seu potencial venha “ao de cima”. Assim, agradeça a oportunidade de deixar a sua marca na organização onde está, como elemento ativo e criativo! Como elemento disposto a aprender, a crescer e a mudar. Como elemento que cria relações laborais positivas, produtivas e significativas. Como elemento que realiza os seus sonhos e contribuí conscientemente para os “sonhos coletivos” da organização.

Nesse sentido, espero que a sua organização seja uma das que tem a “felicidade organizacional” como objetivo, assim como desejo que o leitor seja esse trabalhador competente, realizado e feliz!

Através da Prática do Coaching Organizacional poderá potenciar o “trabalho colaborativo,” a eficiência das relações laborais e a competência dos seus colaboradores.

Não perca o próximo artigo de “Coaching…para quê?”. Leia mais artigos na página de opinião do IMEDIATO.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.