CHTS
Serviço de Especialidades Cirúrgicas. Fotografia: CHTS

Em 2019, o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) iniciou, na área de Enfermagem, um projeto inovador a nível nacional, abraçando o projeto lançado pela Ordem dos Enfermeiros (OE), a Acreditação da Idoneidade Formativa dos Contextos da Prática Clínica (AIFCPC), que certifica os requisitos necessários para formação de enfermeiros e que garante a qualidade dos formadores e da prestação dos cuidados de enfermagem aos utentes, através de peritos na área.

“À data atual, o CHTS é o primeiro e único hospital do país com serviços certificados no âmbito da AIFCPC e, além dos nove serviços que já obtiveram idoneidade formativa, lidera também, a nível nacional, o número de candidaturas – com 19 candidaturas submetidas e sete a ser construídas na plataforma”, indica o CHTS, em comunicado enviado às redações.

Os serviços do CHTS já certificados pela Ordem são Especialidades Cirúrgicas, Cirurgia 2, Serviço de Urgência Básica, Serviço de Urgência Médico-cirúrgica, Unidade Intermédia Polivalente, Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente, Medicina unidade funcional 1, Medicina unidade funcional 3 e Unidade de Hospitalização Domiciliária.

“A Idoneidade Formativa dos Contextos de Prática Clínica em Enfermagem é um projeto nacional da OE com o objetivo de certificar que um determinado contexto da prática clínica tem um ambiente favorável e propício à aquisição e desenvolvimento de competências e apoiem a melhoria da prática profissional”, esclarece o CHTS.

A certificação de competências e qualidade dos cuidados de enfermagem “garante os requisitos fundamentais para a formação de enfermeiros e enfermeiros especialistas”, acrescenta a nota do centro hospitalar. “Paralelamente, a certificação de competências de ensino nos mais diversos serviços do centro hospitalar é também garantia da prestação de melhores cuidados à população, acompanhado com um maior número de enfermeiros especialista”, lê-se.

Estes contextos têm permitido que o CHTS desempenhe um “forte papel” como Hospital Escolar. No ano passado, recebeu cerca de 1.000 alunos de Licenciatura em Enfermagem e 229 alunos de cursos pós-licenciatura. “A concessão de idoneidade formativa aos serviços do CHTS é, por isso, uma mais-valia na formação e futuro profissional destes alunos”, remata a nota do centro hospitalar.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.