Vacina / bombeiros
Vacinação de Bombeiro Voluntário. Fotografia: Direitos Reservados

Começa, na próxima segunda-feira, o processo de administração de vacinas contra a gripe e de doses de reforço da vacina contra a Covid-19 aos bombeiros.Segundo uma nota do Ministério da Administração Interna, este processo deverá abranger cerca de 28 mil destes voluntários.

Afirmando que “desempenham uma função essencial do Estado devido à dimensão operacional do transporte pré-hospitalar que executam”, o MAI considera que este processo de coadministração das duas vacinas aos bombeiros reconhece o papel que estes têm desempenhado no combate à pandemia.

“Ao nível de cada corpo de bombeiros, a seleção e ordem de vacinação é da responsabilidade do respetivo Comandante, tendo por referência os critérios operacionais definidos pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC)”, explica a nota.

O planeamento deste processo de vacinação, que deverá abranger cerca de 28 mil bombeiros, foi elaborado de forma articulada entre o Ministério da Administração Interna, a Task Force para a elaboração do Plano de Vacinação contra a COVID-19 em Portugal e a ANEPC.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *