Vacina
Vacinação de Bombeiro Voluntário. Fotografia: Direitos Reservados

O presidente da Cruz Vermelha de Frazão, Joaquim Sérgio, adiantou ao IMEDIATO que a vacinação vai arrancar “dentro de dias” na instituição, mas deixou críticas ao processo, definido a nível nacional, que apenas alcança metade do total de voluntários.

Recorde-se que, como ponto de partida, o Governo definiu que cada comandante deveria enviar uma lista com metade dos elementos prioritários da sua instituição às autoridades de saúde, tendo em conta alguns critérios como o transporte de doentes (urgentes ou não).

“Este processo não faz sentido, não é correto fazer uma seleção de metade dos voluntários quando todos fazem transporte de doentes. Era preferível aguardar e chegar a toda a gente, porque assim não fica fácil a nível logística”, criticou o responsável da delegação da Cruz Vermelha.

Voluntários são os “parentes pobres” no processo de vacinação

Para o presidente da Cruz Vermelha de Frazão, ocorreram erros no processo, sendo que muitas vacinas foram distribuídas “quase avulsamente”. Por outro lado, “quem está em contacto com doentes infetados, não teve direito – são os parentes pobres”, considerou.

Também o 2º comandante dos Bombeiros Voluntários de Freamunde, Nuno Brito, apontou que os voluntários são, em muitos aspetos, comparados a profissionais de saúde (como na necessidade de apresentarem um teste negativo em caso de infeção), mas agora não receberam prioridade. “Contudo, temos de aceitar”, disse.

Nuno Brito realçou ainda que o objetivo da corporação é que todos os profissionais estejam vacinados o mais rapidamente possível, tendo em conta que, a partir de julho, a exigência com os turnos aumenta com a chegada dos incêndios florestais.

Contudo, o 2º comandante dos Bombeiros Voluntários de Freamunde adiantou que o processo de vacinação arrancou “sem problemas e sem atrasos” no Centro de Saúde de Paços de Ferreira e que todos os soldados da paz quiseram ser vacinados contra a covid-19.

Arrancou esta sexta-feira o processo de vacinação dos bombeiros no concelho de Paços de Ferreira. Segundo uma publicação nas redes sociais por parte da autarquia de Paços de Ferreira, cerca de 25% dos voluntários das corporações de Paços de Ferreira e Freamunde foram vacinados contra a covid-19.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *