carlos nunes

Carlos Nunes, presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte, disse esta segunda-feira em Paços de Ferreira, que as medidas restritivas impostas pelo Governo ao concelho, assim como a Lousada e Felgueiras, estão a surtir efeito.

Durante uma visita realizada à estrutura de apoio de retaguarda que entrou em funcionamento no concelho de Paços de Ferreira, Carlos Nunes afirmou que o pico da pandemia nos três concelhos foi atingido no início do mês de novembro, altura em que registavam mais de 400 casos por dia.

 

“Estamos a assistir a um abrandamento no número de casos e agora temos 150 por dia. Há uma diminuição nítida e se se mantiver, significa que a pandemia aqui está numa fase descendente”, frisou.

Para este decréscimo, além das medidas restritivas, contribuiu ainda “a consciencialização da população”.

“Foi um esforço de todos”, declarou Carlos Nunes, acrescentando que os concelhos de Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras mereceram “grande preocupação” por parte da ARS desde março, altura em que começou a pandemia e onde, ao longo dos meses, se registaram os números mais elevados de novas infeções.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *