Cartão de Cidadão.

Em quatro meses, mais de 150.000  portugueses receberam o seu cartão de cidadão em casa, devido a uma parceria entre os Correios de Portugal (CTT) e o Instituto dos Registos e do Notariado (IRN) para “libertar” os balcões de atendimento. Segundo as entidades, 86% das entregas foram bem sucedidas.

Segundo um comunicado enviado pelos CTT, “o serviço está a ser gradualmente alargado a todo o país”, tendo entregue, até agora, cartões de cidadão em 74 concelhos, entre os quais Paços de Ferreira, Penafiel, Paredes e Lousada.

 

No total, foram enviados mais de 150.000 documentos para casa, tendo sido entregues 129.430 cartões, representando um sucesso de 86%. Prevê-se que o projeto venha a abranger mais 130.000 cidadãos em Portugal Continental.

Contudo, ainda que o objetivo da medida seja aliviar os balcões de atendimento, registaram-se casos de longas filas em balcões CTT parcialmente causadas pela deslocação de pessoas para levantar o cartão de cidadão depois de uma tentativa de entrega em casa.

De acordo com a nota enviada, até ao momento, “a medida permitiu uma poupança de mais de 25.000 horas de trabalho, com repercussão direta na diminuição das filas de espera”.

Autarca da freguesia de Paços de Ferreira critica filas para levantar cartão de cidadão

Como receber o cartão de cidadão em casa?

Segundo os CTT, o serviço está disponível para cidadãos com com 18 ou mais anos, capazes (não estão sujeitos ao regime do maior acompanhado), residentes em Portugal, que pediram e pagaram a renovação do Cartão de Cidadão e cujos contactos de telemóvel ou email estejam associados ao Cartão de Cidadão.

A anteceder a distribuição postal, o IRN envia ao cidadão um SMS do número (+351) 915 692 970 ou um email do endereço helpdesk-cartaodecidadao@irn.mj.pt a informar que o cartão vai ser enviado por correio registado, sem custos, para a morada de casa e que a que a receção do documento só pode ser feita pelo próprio, mediante prova da sua identidade, através de um documento de identificação com fotografia, como o Cartão de Cidadão (mesmo se estiver caducado), o Passaporte ou a Carta de Condução.

Caso o titular do cartão não esteja em casa no momento da entrega, é deixado um aviso na caixa de correio para levantamento do cartão em Loja Própria CTT. Em alternativa, o cidadão poderá recorrer ao serviço Alterar Entrega, que permitirá alterar o local de entrega, numa morada da sua preferência.
Está também disponível, desde o dia 11 de novembro de 2020, para consulta online, uma aplicação, que permite ao cidadão conferir aqui se o seu cartão vai ser enviado para a morada de casa.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.