Walk & Dance
Fotografia: IMEDIATO / Ricardo Rodrigues

O «IbériumCafés Walk & Dance» vai voltar à cidade de Freamunde esta quinta-feira. O cartaz da sétima edição do irreverente festival de música alternativa já foi divulgado na íntegra e inclui nomes sonantes no mundo da música, entre os quais Linda Martini e Mão Morta.

Para Paulo Campos, um dos responsáveis pela realização do festival, as expectativas são “muito maiores” do que nas últimas edições do evento devido à aposta num cartaz diferente. “Temos muitos nomes de bandas que arrastam um clube muito grande de fãs para onde vão. Queremos esgotar os palcos”, afirmou o membro da associação associação organizadora The New Party Makers.

Durante três dias, vai ser possível acompanhar 16 atuações, em três palcos – dois noturnos e um diurno, aberto à população.

“Para esta edição apostamos numa vertente diferente do habitual, temos em cartaz muita presença mais urbana, com atividades e atuações mais citadinas”, considerou Paulo Campos.

Além dos habituais concertos musicais, o último dia do «Walk & Dance» fica pautado pela dinamização de atividades ao ar livre, nomeadamente workshops de grafitti e pintura e uma exposição patente na Casa da Cultura de Freamunde.

O objetivo continuar a evoluir o festival, sendo que a última edição, que aconteceu no final de outubro, ainda foi bastante limitada pelas restrições impostas.

O «Walk & Dance» foi criado com o objetivo principal de colmatar “uma falha a nível musical no concelho e em Freamunde” e já por três vezes foi nomeado para um prémio ibérico de festivais. A iniciativa conta com o apoio da Iberium Cafés há cerca de quatro anos, algo que permite colocar no cartaz melhores bandas e criar uma maior envolvência em torno do evento.

walkdance 2022

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.