halloween

Halloween ou o Dia das Bruxas é uma festa com temas sombrios e comemorada todos os anos no dia 31 de outubro.

A palavra Halloween vem da expressão All Hallows’ Eve pela junção das palavras hallow e eve, que significam “santo” e “véspera”, respetivamente, pois ocorre no dia anterior à celebração do Dia de Todos os Santos.

O Halloween, como é conhecido mundialmente, é um feriado típico dos Estados Unidos mas que já se espalhou por todos os cantos do mundo.

Como é que tudo começou

A origem do Halloween remonta às tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha entre os anos 600 a.C. e 800 d.C. Este era um festival irlandês do calendário celta, o festival de “Samhain”, celebrado entre os dias 31 de outubro e 2 de novembro. Marcava o fim do verão e comemorava-se a passagem do ano celta, que tinha início no dia 1 de novembro.

Os celtas acreditavam que nesse dia os mortos levantavam-se e apoderavam-se dos corpos dos vivos. Por este motivo, eram usadas fantasias e a festa era repleta de artefactos sombrios com o intuito principal de se defenderem dos maus espíritos.

Mais tarde, durante a Idade Média, a Igreja condenou o evento, e surgiu o nome “Dia das Bruxas”. Durante esse período, os curandeiros eram considerados bruxos e devido a sua posição contra os ideais da Igreja, eram queimados em fogueiras.

Com a colonização da América, a tradição foi incluída na cultura dos americanos, sobretudo nos Estados Unidos da América.

Os festejos ao redor do mundo

1. Portugal

Até há pouco tempo, o dia das bruxas não era algo celebrado pelos portugueses. Nos dias de hoje, no entanto, já se encontram cartazes em várias cidades sobre festas de Halloween e eventos especiais.

Embora pareça que o Halloween esteja a tornar-se mais importante em Portugal, a realidade é que ele sempre existiu de alguma forma.

Cidões, Vinhais

Depois de dois anos interrompido, na aldeia de Cidões, no concelho de Vinhais, a Festa da Cabra e do Canhoto está de regresso para uma noite de Halloween à portuguesa.

Esta festa é inspirada nas tradições celtas milenares. Toda a aldeia é decorada com motivos celtas, velas e estrelas flamejantes.

Entre as tradições da noite conta-se o cortejo celta com a presença dos cerca de 20 habitantes da aldeia, o acender da estrela gigante e da enorme fogueira com o canhoto onde, por volta das 23h, o cabrão ou bode gigante, uma figura escultórica com sete metros de altura, há de arder depois de ser empurrado pelas deusas.

Outro dos momentos altos da festa é quando o druida e as suas deusas fazem o esconjuro e preparam a queimada, de modo a afastar os males do corpo e da alma, invocando prosperidade, fertilidade e sorte para o Inverno, a estação escura que se avizinha. A apoteose da festa é a luta travada entre o druida e o diabo, que termina com este último a ser expulso da aldeia para voltar só na noite de 31 de Outubro do ano seguinte.

cidoes 2019c

 

Vilar Perdizes, Montalegre

A tradição das sextas-feiras 13 começou no ano de 2002 e, já se alargou ao dia das bruxas.

Todos os anos, no dia 31 de outubro, as bruxas andam à solta na aldeia de Vilar de Perdizes, no concelho de Montalegre.

Nestes dias mais místicos, esta aldeia de cerca de 400 habitantes é invadida por curiosos que procuram ver bruxas, diabos e mafarricos e a queimada e esconjuro do padre António Fontes.

Todos os anos, no dia de Halloween, a aldeia veste-se a rigor para receber os milhares de visitantes que querem entrar no verdadeiro espírito do dia das bruxas. Aqui não falta a habitual decoração pelas ruas, desfile, ações teatrais espalhadas pela aldeia e espetáculo de palco com animação e fogo.

As casas e as lojas da aldeia são decoradas com abóboras iluminadas, vassouras de bruxa, panos pretos e teias de aranhas. Os restaurantes preparam um menu especial para o jantar “embruxado” onde não faltam pratos com nomes insólitos como orelha de porco com grão-de-bico, ovos de morto e rins de bruxas.

 

vilar de perdizes halloween 2018 8 1 1024 2500 1

 

2. Estados Unidos da América

A maior celebração do Halloween acontece nos Estados Unidos. Os americanos adotaram o dia das bruxas como feriado e todos os anos as ruas ficam repletas de crianças e adultos fantasiados.

Os jardins e as fachadas das casas recebem a tradicional decoração de lanternas de abóbora (Jack-o’-lantern) de todos os tamanhos, espantalhos, caveiras, fantasmas, bruxas e monstros.

A tradição mais famosa de Halloween dos Estados Unidos é a icônica brincadeira de “doces ou travessuras”, que tem como objetivo ganhar doces dos vizinhos e aprontar alguma traquinagem, caso a guloseima seja negada.

A hora das histórias de terror também é muito aguardada. Os adultos compartilham contos assustadores com as crianças, a fim de continuar a tradição.

Os mais espiritualistas dirigem-se aos locais mal-assombrados para tentar experimentar qualquer presença sobrenatural, já que, em teoria, nesta época do ano o mundo espiritual e o humano ficam mais próximos.

eua

3. Irlanda

Na Irlanda durante todo o mês de outubro é possível ver as decorações das casas para o Halloween. Aqui é comum lançar fogos-de-artifício e acender grandes fogueiras pois segundo a tradição estas práticas espantam os espíritos, que acredita-se voltar.

No dia 31, anoitecer, as crianças saem às ruas batendo de porta em porta para o tradicional Trick or Treat  (Doces ou Travessuras), somente as casas decoradas e com luzes acesas são visitadas, este é o sinal de que o morador está disposto à brincadeira.

irlanda

4. Roménia

Na Roménia as comemorações tem como palco principal o Castelo de Bran, na Transilvânia. O castelo é frequentemente associado ao príncipe Vlad Tepes que serviu de inspiração para a personagem Drácula.

Durante o Halloween as pessoas sugam sangue falso e nesta altura na Transilvânia os mitos mais populares do país, contos de fantasmas e vampiros, diversas histórias assustadoras evolvendo as mitologias do território são encenadas para os vários turistas que visitam a região nesta altura do ano.

transilvania 1

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.