Carro eletrico
(Michael Fousert / Unsplash)

Os preços mais reduzidos que os carros usados apresentam são um excelente chamariz para quem não está disposto, ou não tem orçamento, para gastar fortunas num carro novo, mas com os elevados preços dos combustíveis e a maior consciencialização dos consumidores para o impacto que motores a combustão têm no aquecimento global, estamos a assistir a uma procura cada vez maior de carros usados elétricos.

Segundo o Observatório Indicata, organismo que analisa o mercado de carros usados na Europa, entre julho de 2021 e julho deste ano, a venda de viaturas elétricas usadas em Portugal cresceu 75%, enquanto a venda de viaturas usadas alimentadas a combustíveis fósseis caiu 26,5% (17,9% nas viaturas a gasolina e 8,6% nas viaturas movidos a diesel).

É de frisar que este relatório utiliza dados online, meio que de há alguns anos para cá tem se assumido como a força matriz da pesquisa e compra de carros usados em Portugal e no resto da Europa. Em stands virtuais como, por exemplo, o do Pisca Pisca, podemos encontrar uma grande variedade de carros usados elétricos, híbridos, a gasóleo ou a gasolina que, independentemente da idade, são certificados, têm garantia e adequam-se a todos os bolsos.

Comprar carros usados em Portugal é, como vemos, extremamente fácil e acessível, mas quais serão as vantagens que levam cada vez mais consumidores a optarem por adquirirem carros elétricos usados? A resposta segue dentro de momentos.

Vantagens de comprar um carro elétrico usado

•       Combustível mais barato e ecológico

Como já referimos, os preços proibitivos dos combustíveis fósseis, aos quais se aliam as zero emissões de carbono que um carro elétrico emite, são duas das principais vantagens de se optar por um carro movido a eletricidade.

No que toca ao preço do combustível, se um carro a gasóleo que gaste 7 litros aos 100km necessita que despenda, pelo menos, cerca de 10 euros, no caso de um veículo elétrico usado, para os mesmos 100 km, só precisará de 6 euros se o carregar num posto de carregamento rápido.

Se, ao invés de um posto de carregamento rápido, optar por um carregamento em casa sob uma tarifa simples de eletricidade, estes 6 euros são reduzidos para os 3 euros.

•       Menos custos de manutenção

Ao contrário de um carro usado a combustíveis fósseis, o grau de desgaste é menor num carro usado elétrico e a manutenção é muito mais barata e não tão regular (basta uma revisão geral aos 50 mil km). Isto acontece porque um carro elétrico não utiliza óleo no motor, correias, líquidos de refrigeração ou filtros e é constituído por apenas 1% de peças móveis.

Para além de tudo isto, como os motores elétricos recuperam a energia gasta na circulação reaproveitando-a  para recarregar as baterias, existe uma poupança efetiva não só pela ausência da necessidade de trocas recorrentes de baterias, como existe uma poupança efetiva com pastilhas de travão e pneus.

Feitas as contas, a UVE (Associação de Utilizadores de Carros Elétricos) diz-nos que, em média, uma manutenção anual de um carro elétrico usado ronda os 50 euros, enquanto nos carros de combustão interna chega os 180 euros.

•       Melhor condução e eficiência do motor

Conduzir um carro elétrico é uma experiência mais suave, silenciosa e limpa do que conduzir um carro a combustão interna, uma vez que não tem sistema de escape. Para além da condução, o motor de um carro elétrico também apresenta uma maior eficácia, a rondar os 90%, em comparação com um carro movido a combustíveis fósseis onde essa percentagem atinge, em média, apenas os 40%.

•       Isenções fiscais

De forma a promover a utilização e compra de carros elétricos, o Estado isentou do pagamento de ISV (ISV (Imposto Sobre Veículo) e de IUC (Imposto Único de Circulação) quem tenha, particulares ou empresas, automóveis ligeiros de passageiros e mercadorias 100% elétricos.

Os incentivos fiscais não se ficam por estas isenções de ISV e IUC, uma vez que as empresas que adquiram ligeiros de passageiros e de mercadorias 100% elétricos podem usufruir de uma dedução do IVA da eletricidade utilizada para o carregamento destes automóveis.

•       Estacionamento gratuito ou com descontos

No sentido de incentivar a utilização de veículos elétricos, vários municípios portugueses entre os quais Lisboa, Porto e Faro, oferecem lugares de estacionamento gratuito ou com descontos no centro das cidades a quem conduza um carro movido a eletricidade.

 

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.