Analfabetismo
Fotografia: IMEDIATO

Foi oficialmente apresentado, esta segunda-feira, o projeto piloto «Percursos de Cidadania, Alfabetização Solidária e Literacia de Adultos». O Jornal IMEDIATO é um dos mais de 30 parceiros da iniciativa, que pretende combater os índices de analfabetismo no concelho de Paços de Ferreira.

O projeto resulta de uma parceria entre a Profisousa e a Associação Portuguesa de Educação e Formação de Adultos, APEFA, com a missão de capacitar a população do concelho que não possui qualquer nível de escolaridade, bem como aquela que tem índices muito baixos.

O protocolo de colaboração foi assinado esta segunda-feira por responsáveis de 32 entidades, entre os quais a Câmara Municipal de Paços de Ferreira, o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), bem como vários agrupamentos de escolas, Juntas de Freguesia, paróquias e meios de comunicação regionais.

«Percursos de Cidadania, Alfabetização Solidária e Literacia de Adultos» assume como principais objetivos a criação de mecanismos entre entidades públicas e privadas de combate ao analfabetismo e baixas literacias, identificar públicos alvo, “grupos de adultos pouco ou nada qualificados e com baixa ou muito baixas literacias, independentemente da escolaridade formal” e promover soluções de erradicação do analfabetismo no concelho.

Segundo os últimos Censos, 1.889 cidadãos residentes no concelho em idade ativa não têm nenhum nível de escolaridade – representam cerca de 2,9% da população de Paços de Ferreira.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.