freamunde plantel e1507141143951

Os jogadores do plantel do SC Freamunde estão indignados por estarem sem receber há alguns meses e emitiram um comunicado a demonstrar esse desagrado.
Agora, exigem respostas imediatas da direção, lembrando que o problema tem sido sistematicamente adiado. “A época atual teve início em meados de julho. Ao fim de dois meses e meio de trabalho, ainda não recebemos um único salário! Esta é a verdade. Apesar de todas as promessas que a situação se iria resolver “em breve”, até esta data, os profissionais do SC Freamunde contratados esta temporada receberam apenas 200 euros cada um!”, refere o comunicado, que relata um atraso ainda maior com os jogadores que transitaram da época passada. “O último vencimento que nos foi pago refere-se ao mês de fevereiro! Quer isto dizer que nos últimos setes meses recebemos a quantia total de 500 euros, pagos recentemente. Algo como 70 euros mensais”.
Apesar deste impasse, o grupo garantiu que, para já, não ponderam fazer qualquer greve.

COMUNICADO

O plantel do Sport Clube de Freamunde vem, publicamente, expressar o seu desagrado e a sua preocupação com o atual momento do clube, que vive numa situação de incumprimento salarial, cuja solução tem sido constantemente adiada.
Esta tomada de posição surge, pela necessidade, que entendemos prioritária, de esclarecer os adeptos da real situação em que se encontram os profissionais de futebol, que defendem o símbolo freamundense. Nós, jogadores, somos profissionais, mas também seres humanos, pelo que, apesar do nosso esforço para que esta crise não entre no balneário, começa a ser evidente que o nosso trabalho diário tem sido prejudicado, com naturais reflexos nos jogos.
Não queremos que pensem que esta é uma desculpa para algum resultado mais negativo, ou uma exibição menos conseguida. Nem tão pouco que estamos contra quem dirige os destinos do clube.
Queremos, isso sim, que reflitam connosco sobre os números que passamos a citar.
A época atual teve início em meados de Julho. Ao fim de dois meses e meio de trabalho, ainda não recebemos um único salário! Esta é a verdade. Apesar de todas as promessas que a situação se iria resolver “ em breve”, até esta data, os profissionais contratados esta temporada receberam apenas 200 euros cada um!

Quanto aos, que de nós, transitaram da época anterior, a situação é ainda mais preocupante. O último vencimento que nos foi pago refere-se ao mês de Fevereiro! Quer isto dizer que nos últimos setes meses recebemos a quantia total de 500 euros, pagos recentemente. Algo como  70 euros mensais.
É, portanto, sem saber o dia de amanhã, que diariamente vamos para o estádio e damos o nosso melhor. Não fizemos qualquer greve nem pretendemos tomar qualquer medida que possa lesar o clube. Queremos acreditar que o “ em breve” se possa tornar realidade o quanto antes e que nos possamos focar apenas no nosso trabalho.
Para terminar queremos deixar uma garantia aos associados: O nosso grupo de trabalho continua unido. Em pouco tempo conseguimos criar um grupo forte e que tem sido colocado à prova diariamente. Iremos defender o nosso (e vosso) clube com todas as forças, mas é urgente que esta névoa que, não nos permite vislumbrar o futuro, se desvaneça e possamos continuar esta luta juntos!

Todos somos um!

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *