Penafiel voltou a ser considerado o melhor concelho para viver, na região do Vale do Sousa e Baixo Tâmega e consegue manter-se firme no Top 50 das melhores cidades para viver, visitar e investir, em Portugal. Estes resultados são apresentados no estudo Bloom Consulting Portugal City Brand Ranking©, que é pela quinta vez realizado pela Bloom Consulting e que mede o desempenho de marca dos 308 municípios portugueses.
Com base neste estudo, o município de Penafiel, além dos resultados regionais, mantém a 16.ª posição da Região Norte, tendo subido uma posição nas dimensões de Visitar e Negócios “graças ao acréscimo de interesse proativo por parte de turistas e investidores, com um aumento de 28% no número de procuras em relação ao ano passado”, afirma fonte da autarquia.
“Outro fator de destaque é a evolução no que diz respeito à procura online sobre Penafiel, tendo registado uma subida de quase 20%, entre 2014 e 2018″.
Para Antonino de Sousa, Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, estes resultados são reflexo da estratégia adotada pelo executivo que lidera. “A estratégia que definimos, e que nos permite receber estas distinções, como é o caso do melhor concelho para “Viver” da região do Vale do Sousa e Baixo Tâmega, só é possível graças ao contínuo trabalho e dedicação em prol de Penafiel. Esta mesma estratégia assenta, no essencial, em 3 domínios: maior e melhor capacitação social,consolidação do impulso económico no concelho e reforço da qualidade dos serviços à comunidade”. Para o autarca, a subida registada nos domínios “Visitar” e “Negócios”, “são resultado da nossa aposta na atração de investimento. Um investimento que suporta o desenvolvimento da economia local, que promove a criação de emprego e que atrai mais pessoas para o nosso concelho. Nos últimos anos foram várias as grandes empresas que decidiram investir em Penafiel, e hoje o concelho está bem presente no radar do investimento empresarial em Portugal. E, como também já referi noutras circunstâncias, acreditamos, genuinamente, no potencial do setor do turismo para a dinâmica da economia local. Com uma oferta turística assente na fruição ativa dos espaços naturais, associada ao nosso extraordinário património”.
A Bloom Consulting realizou o estudo “Portugal City Brand Ranking©”, abrangendo 308 municípios portugueses e classifica a sua atratividade e desempenho em três vertentes: investimento; turismo e habitante/talento/viver e contou com a análise de dados estatísticos de fontes oficiais como o Instituto Nacional de Estatística, a Associação Nacional de Municípios Portugueses e o Portal Pordata.
Este estudo inclui variáveis como o crescimento empresarial, a taxa de ocupação hoteleira, a criação de novas empresas, o índice de criminalidade, o poder de compra, os serviços de saúde por habitante ou a oferta cultural, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *