Colégio marca d'água 2020/21

A GNR deteve, na terça-feira, um homem no concelho de Penafiel por violência doméstica. Três dias antes, o suspeito ficou proibido de contactar com os pais, de 70 anos, mas voltou a agredi-los, “coagindo-os a entregar dinheiro” para comprar droga.

Em comunicado, a GNR afirmou que, na quinta-feira passada, 30 de janeiro, o homem de 35 anos ficou “sujeito às medidas de coação de afastamento da residência, proibição de contactos com as vítimas por qualquer forma ou meio, controlado por pulseira eletrónica e ainda ser submetido a tratamento de desintoxicação às drogas”.

Contudo, apenas três dias depois, “o suspeito voltou a agredir os seus pais, ambos com 70 anos, através de violência física e psicológica, coagindo-os a entregar dinheiro para a compra de produtos estupefacientes”.

Os militares da GNR detiveram novamente o agressor, desta vez também por violação de imposições, no cumprimento de um mandado de detenção.

O homem foi presente na terça-feira a interrogatório judicial, onde lhe foi aplicada prisão preventiva.