O Padre Vitorino Soares, natural de Luzim e pároco de Castelões de Cepeda e de Madalena, em Paredes, foi nomeado pelo Papa Francisco Bispo Auxiliar do Porto.

D. Vitorino Soares nasceu em Luzim, Penafiel, a 19 de outubro de 1960 e é o mais velho de cinco irmãos, um dos quais também sacerdote, o padre Avelino Jorge Pereira Soares, pároco em Rio Tinto.

Foi ordenado sacerdote no dia 14 de julho de 1985, tendo estudado Teologia entre 1979 e 1984. Foi Prefeito do Seminário Menor do Bom Pastor entre 1984 e 1987 e Capelão Militar entre 1987 e 1989. De 1989 e 1994 foi formador de seminaristas como Prefeito do Seminário Maior do Porto. Durante dez anos (1989 e 1999) foi Diretor do Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude.
Entre 1994 e o corrente ano de 2019, D. Vitorino Soares foi pároco de Castelões de Cepeda e desde 1999 de Madalena em Paredes. É Vigário da Vara de Paredes desde 1999.

Foi Professor de Religião e Moral da Escola 1º ciclo de Castelões de Cepeda entre 1996 e 2014. Foi assistente espiritual do Conselho de Zona Penafiel Norte das Conferências Vicentinas entre1996 e 2013.

Contactado pelo Jornal IMEDIATO, o Padre Vitorino Soares mostrou-se surpreso com esta nomeação. “Foi com muita surpresa que recebi esta notícia, pois não esperava um convite destes”, afirmou.

“Perplexo” diante da proposta de ser Bispo Auxiliar, D. Vitorino Soares confesso não se estar a ver como Bispo, “Mas deus já me viu como Bispo e estou com uma atitude de disponibilidade para servir a Igreja e tratar de um rebanho maior em colaboração com D. Manuel Linda, como pastor da diocese do Porto”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *