O Museu da Citânia de Sanfins foi pequeno para acolher os cidadãos que quiseram estar presentes na cerimónia da tomada de posse do novo executivo municipal e da Assembleia Municipal, que decorreu este sábado.

Os atos formais incidiram na constituição dos membros da assembleia municipal e do executivo, que este mandato é constituído por cinco vereadores do PS e dois do PSD.
O primeiro discurso de Humberto Brito depois da tomada de posse foi focado nos objetivos do novo executivo para o próximo quadriénio e avançou com a intenção de atribuir a 2018 o ano municipal da Educação, em homenagem a Leão de Meireles, uma figura incontornável na vida política e social do concelho, que cumprirá no próximo ano o centenário do seu falecimento.
Sobre as medidas a adotar no novo mandato, Humberto Brito referiu que “um dos nossos eixos estratégicos passa por dotar o concelho de uma rede de transportes públicos regulares, amigos do ambiente e com mais qualidade, conforto e segurança. A distribuição de energia elétrica, a recolha dos resíduos sólidos urbanos, os transportes públicos, são para nós áreas que irão merecer uma intervenção política profunda”, sublinhou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *